sexta-feira, 13 de março de 2015

Impeachment é democrático, mentira não!

Aumentar Letra Diminuir Letra



Você sabe o que é física quântica? E microeletrônica, semicondutores e genética molecular? Democracia, você sabe o que é? É mais simples que os assuntos acima? Se acha que sim está enganado, como a altíssima tecnologia que permite smartphones, terapia molecular e tantas outras complicações modernas, a democracia é a mais alta tecnologia que permite o convívio pacífico e justo dentro da sociedade moderna, e ela não é simples, precisa de muito conhecimento, com certeza você não consegue construir um smartphone, mas não há dúvidas que seja capaz de destruir um, mesmo que sua intenção seja consertar o aparelho.

O ideal democrático é a arma de mais alta tecnologia contra qualquer arroubo ditatorial, e como toda tecnologia de ponta não é simples, precisa de conhecimento para usá-la, caso contrário mais se destrói do que constrói, por este motivo educação e livros são tão temidos por todos os ditadores, eles minam seu poder que repousa na ignorância do povo e o distribui a quem é de direito: o cidadão. Comparar a democracia hoje com a praticada na Grécia antiga é como igualar um ábaco com um computador moderno, ambos apóiam-se nos mesmos princípios mas são mecanismos completamente diferentes e com capacidades muito distintas. A democracia evoluiu e continua evoluindo, assim como computadores, está sempre sendo aperfeiçoada, e se aparecem mecanismos mais funcionais, também aparecem aqueles que não funcionam, e é preciso conhecimento para diferenciar ambos, um computador ruim ou um programa ruim “dá pau”, assim como a democracia.

O governo atual usa a liberdade democrática para implantar a ditadura autoritária e a comparação que não querem que se faça é com o bolivarianismo venezuelano, pois lá trilhou-se o mesmo caminho e já vemos o resultado: não há alimento para todos, pessoas passam fome, e no caso de comerem nem há papel-higiênico para limpar. O crime tornou-se endêmico e é usado pelo governo para oprimir o cidadão que encontra-se sitiado por bandidos, e aos que ousam revoltar-se com esta vida miserável, fruto da ideologia comunista bolivariana, o governo agora aprovou uma lei onde a força policial incumbida de controlar manifestações populares pode usar força letal, matar o cidadão que discorda do governo. Há prisões arbitrárias com motivos políticos e todo o povo vive na miséria com este machado pendente sobre a cabeça. Se não mudarmos de rumo, este será nosso futuro!

Um dos pontos mais importantes para uma ditadura bolivariana é controlar os meios de comunicação e substituir a educação por doutrinação, por este motivo o livro livre e acessível à população é tão perigoso, ele traz idéias, ele ensina que quando eles dizem democracia é na realidade a justificativa para a mais hipócrita e sanguinária das ditaduras. O impeachment de Dilma é democrático, a suas mentiras não! Há leis, o impeachment é um mecanismo democrático legal, justamente para nos livrarmos de governantes que não mais tem espírito público e autoridade moral para governar. Dilma mentiu, usou o dinheiro público em sua campanha na TV para mentir, mentiu de forma descarada, tão descarada que não precisou nem de uma semana depois do pleito para admitir que mentiu para enganar o povo na eleição, depois de dado o resultado duvidoso, que por nosso sistema eleitoral não ser transparente e passível de auditoria por qualquer cidadão deixa margem a dúvida de sua legitimidade; e se há dúvidas, se não há transparência, não há legitimidade, um presidente que se elege com base na mentira não tem legitimidade! Se há dúvidas sobre o resultado das urnas, não há sobre o que disse Dilma, ela mentiu! O povo votou enganado, e isso não é democracia. Dilma mentiu na eleição e portanto, seja qual for o resultado das urnas, o seu governo e ilegítimo! É da democracia aceitar o resultado do pleito, mas também é da democracia o candidato falar a verdade para que o povo possa fazer uma escolha consciente, se houve mentira, Dilma é uma governante ilegítima.

Usando da desculpa democrática o PT no governo prepara o nosso caminho para o comunismo bolivariano, ao não combater o crime e desarmar o cidadão o governo torna os brasileiros indefesos, tendo que preocupar-se com o crime em vez de manifestar-se contra os que permitem a criminalidade frutificar. Com Paulo Freire e Emília Ferrero e seu construtivismo vigarista atrasamos o desenvolvimento nas letras de nossas crianças, e com professores incompetentes, desvalorizados e doutrinadores garantimos que as idéias estúpidas proliferem e que o pensamento crítico e independente seja extirpado junto com a inteligência verdadeira. Ao sucatear a saúde pública o governo coloca o cidadão em estado de necessidade, pronto a receber qualquer esmola como ajuda, mesmo que o preço desta esmola seja a escravidão. O pobre desumanizado, inculto, fragilizado, passa a ser uma mera ferramenta de manobra para o governo, a velha prática do coroneleismo nordestino oficializada em dimensões nacionais. Mas como na Venezuela, uma nação assim indigente não prospera e a crise que vivemos é conseqüência estrutural da ideologia do governo, só temos saída se tirarmos estes vagabundos do poder, caso contrário nosso destino será pior que o da Venezuela, ou mudamos o modelo ou a miséria será cada vez maior, até ao ponto onde chegaremos na perfeição cubana, onde os governantes vivem com o melhor que há no mundo moderno e os cidadão com o pior da idade média.

Um dos comportamentos que acho mais deploráveis é a mesquinhez, e o governo do PT é mesquinho, com sua sanha ideológica precisa sabotar a educação de verdade e fazer da nação um conjunto de miseráveis. O e-reader, aparelhinho que barateia o livro em uma proporção inimaginável e torna o acesso livre à cultura tarefa simples é combatido com todo o fel da alma, é o maior indício que o governo só tem com os brasileiros as piores intenções. Pobre tem que ser burro e subserviente, tem que ser miserável e pronto a vender-se pela menor esmola do governo, leitura é um luxo que aos pobres não é permitido, e tudo isso por um projeto de poder, uma busca mesquinha por poder usando uma ideologia tão vagabunda que precisa da ignorância para sobreviver, pois com o menor sinal de pensamento crítico e visão objetiva, todo comunismo é desmascarado e suas supostas boas intenções caem por terra, desnuda-se a mais nefasta inumanidade, um regime responsável por sofrimentos que nem a força da natureza impôs ao homem.

Um e-reader, um Raspberry PI, Arduino e suas interfaces, são coisinhas baratas e simples, brincadeiras de criança, e fora do Brasil são apenas brinquedos, que educam com eficiência e prazer, todos estes “luxos” são negados aos brasileiros pela mesquinharia petista, e é essa mesquinharia que não nos permitirá sair desta situação de crise; e se não usarmos o mecanismo democrático do impeachment, perderemos a capacidade da democracia verdadeira e só nos restará o comunismo bolivariano.

Dia 15 de março de 2015 é a data marcada para defendermos a democracia, nossa única oportunidade de sair da crise e evitar que uma máquina destinada a infiltrar as instituições e corromper a democracia prospere e nos obrigue a limpar as fezes com o papel dos jornais que só servirão para isso.

Quinze de março, faça chuva ou sol, impeachment e democracia ou bolivarianismo e sofrimento, a escolha é sua!

Alex

5 comentários:

  1. Disse Gabriel Gastaldo na caixa do facebook:

    Não concordo com muito do que você diz, mas defendo o direito de ir adiante e fazer seu protesto. Não concordo com o dia 15, mas não apenas aceito, como defendo o direito desses atos serem feitos.

    Agora, não tente fazer como muita gente está fazendo, disfarçar o protesto de "anti-corrupção" quando ele é apenas contra Dilma e PT. Quem está financiando esses atos não ta nem aí pra corrupção, está apenas usando esse sentimento anti-PT/anti-Dilma a seu bel prazer.

    E quanto a Impeachment, é estupidez e cabeça bem vazia quanto a isso, especialmente quando não se tem nada comprovado que comprometa a Presidente.

    Gosto da Dilma? Não. Gosto do que ela está fazendo? também não. Mas nenhum desses dois são justificativa para pedir Impeachment.

    No fim, cada um é massa de manobra de quem deseja, se assim desejar.


    Gabriel,

    Espanta-me o que traz sub-entendido no seu texto, veja: o meu direito de manifestar-me de nada depende da sua vontade, mas da constituição, é uma das instituições básicas da democracia, liberdade de expressão é garantida em qualquer constituição que pretenda-se democrática, assim, quem afirma isso como seu mérito, está na realidade comprometido com o oposto: a ditadura e a falta de liberdade, pois o direito de expressão é garantia básica de todo cidadão, independente de favores de quem seja.

    Outro absurdo é pensar que qualquer movimento venha de movimentos partidários e não da simples revolta pessoal contra um governo e partido que violam o mínimo de moralidade para viver em sociedade. Os atos de Dilma e do PT são imorais, afetam todo cidadão, independente de que partido seja, viola a consciência pessoal e viola o senso de justiça necessário para a vida em sociedade e por isso é desprezível, por isso que ela deve sair! Por este motivo o PT não pode estar no poder, Dilma mentiu! Que autoridade moral ela tem para governar um país, tudo que ela diz é lixo, sua palavra tornou-se lama, como alguém assim pode governar uma nação? Como alguém assim pode ter a confiança de quem quer que seja? É uma questão moral e prática! Diga-me, Dilma mentiu ou não? Você está justificando a mentira sob uma ótica relativista partidária? Isso é ridículo, é o comportamento mentiroso que fez Dilma perder qualquer autoridade moral para governar.

    Alguém que não tem autoridade moral para governar é motivo mais que suficiente para impeachment! Está mais que comprovado que Dilma mentiu, não há dúvida, não dá para alguém sem palavra governar uma nação que se pretende democrática, por isso ela deve sofrer impeachment, no caso Collor existiam ainda menos motivos e ele sofreu impeachment! O de Dilma já está é atrasado, ela já deveria ter saído.

    Alex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alê, já notou que todo mundo abandonou o blog por conta desses posts políticos?
      O que aconteceu com o blog informativo sobre e-readers?

      Excluir
    2. Gothmate Gabriel,

      Fico enojado com sua fala, pois você, mais que qualquer outro sabe o tipo de monstruosidade que ela enseja: “deixe os bandidos em paz, você não tem direitos, as pessoas não importam-se de serem roubadas e ver sua nação destruída”; o preço do e-reader é o principal aspecto que influencia sua viabilidade, e como nós temos livros de papel caríssimos, a importância do aparelho para o brasileiro é suprema, pois ele é o único capaz de baratear e libertar a leitura para os mais humildes, descuidar deste aspecto importantíssimo é como deixar os nazistas livres para cometerem suas atrocidades, fechar o olho para a ignomínia, que tipo de gente olha para o outro lado enquanto atos vis estão acontecendo? O pior tipo e gente! O que você não percebe é que o número de visitas aumenta sempre que há um novo post, o contrário do que você diz. Assim como o governo achava que ninguém iria às ruas, quinze de março foi a maior manifestação popular da história do Brasil, e tudo isso pois não estou sozinho, somos muitos, estávamos na Paulista e em quantas praças e avenidas em todo Brasil.

      O e-reader é um assunto estático, ou seja, ele já está bom, substitui bem o papel, não há muita novidade neste campo, assim, no mundo, os sites sobre e-readers não tem muita novidade para oferecer, mas sua adoção é crescente, se for comparar com novas tecnologias este passo é avassalador, quanto tempo demorou para o CD substituir o vinil? Em quanto tempo o MP3 substituiu o CD? O e-reader vai mais rápido, e o preço do aparelho atualmente é o fator mais importante, nosso governo cobra mais de 60% de imposto no aparelho que pela constituição deveria ser isento. Isso não é o fato mais relevante em relação aos ebooks? Dilma a mentirosa e seus asseclas do PT tem boicotado com afinco o aparelho pois não querem que o brasileiro pobre tenha acesso livre aos livros, isso é monstruoso, não acha? É uma prova da suprema mesquinhez do PT, de sua má intenção para como o brasileiro, principalmente o mais pobre, isso é pouco?

      Discutir sobre livros só faz sentido quando as pessoas os tem para ler, e o e-reader é a melhor e mais barata opção, combater um governo vigarista que nega esta mixaria ao povo é o principal ponto da difusão da leitura e dos e-readers, de que adianta falar sobre e-reader quando eles não estão acessíveis a todos os brasileiros?

      Alex

      Excluir
  2. Alex, você é burro, atacar a caricatura do pt e da dilma é a coisa mais facil e babaca a se fazer, por isso tem tanto imbecil fazendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você é nao tem argumentos, dizer que alguem esta errado ainda mais com 2 linhas de texto é muito mais facil. Demonstrar seus argumentos e seu ponto de vista respeitando a opiniao do outro é quase impossivel para os esquerdopatas.

      Excluir