terça-feira, 11 de novembro de 2014

PT fracassa em barrar o e-reader ao pobre na comissão de cultura. Vitória dos brasileiros.

Aumentar Letra Diminuir Letra



O PT tentou de tudo, protelou ao máximo com a conivência dos outros partidos de esquerda, queria de todo modo inviabilizar que e-reader chegue às mãos dos pobres, mas não deu, por ter esgotado o prazo, que já foi enorme, o projeto que dá ao e-reader o entendimento que quer a constituição não foi barrado na comissão de cultura, eles não conseguiram apoio de outros deputados para sepultar o projeto, e assim ele vai para a próxima comissão: constituição e justiça, e se alguns poucos deputados quiserem e tiverem a iniciativa pode ir a plenário e ser aprovado sem demora. A história foi trágica, tentaram de tudo, fizeram até uma audiência dita pública, mas que na realidade era privada pois só tinha os convidados do PT para discursar contra o e-reader, foi um vexame, destruímos aqui todo o discurso vagabundo, e as pessoas que lá falaram absurdos saíram menores do que entraram, uma queimação de filme total, está aqui na internet para todos verem, é difícil lavar uma mancha podre destas de uma biografia pois denota o mais profundo mau-caratismo ou subserviência bovina.

Ao que parece o PMDB sentiu o cheiro de queimado na própria pele, percebeu o ferrão agudo do PT no lombo, pois eles não admitem ninguém que não sejam eles, se o PMDB tem ajudado o governo é por conveniência, mas eles perceberam que o PT não vê a hora de destruí-los, e com freqüência pauta a imprensa que taxa o PMDB de ser o mais corrupto, enquanto a corrupção no PT é por que o partido foi corrompido pela velha política, vulgo PMDB, que não é uma agremiação de Carmelitas, mas nunca atentou contra a própria essência da democracia, e foi o partido mais importante na implantação da democracia no Brasil. No caso do e-reader parece que foi o PMDB e outros deputados individuais que não permitiram os desígnios do PT. A ignorância ameaça também o PMDB, pois destrói o seu passado, grande mérito da constituição que temos hoje deve-se a Ulisses Guimarães, e o PT recusou-se a assinar, democracia é tudo que não queriam, pois ainda querem uma ditadura de esquerda, a democracia e a liberdade de expressão é uma pedra no sapato do PT, o PMDB pode não ser uma flor, mas não só sabe conviver com a democracia como foi quem mais teve influência na constituição democrática que temos hoje, a tal que não deixa o governo taxar livros.

A presidência da câmara é do PMDB, a presidência da comissão de constituição e justiça é do PT, mantendo-se o procedimento o PT tentará protelar ao máximo nesta comissão também, mas com o PMDB na presidência da casa, o projeto pode ignorar a comissão dominada por petistas, ser votado em plenário e começar a beneficiar o brasileiro pobre, o PMDB convive com a democracia, o PT não, esta é uma oportunidade de ouro do PMDB mostrar que é diferente do PT, e melhor ainda, escapar da máquina de destruir passados que o PT usa no PMDB. O deputado Darcísio Perondi conseguiu frustrar os desejos bolivarianos do PT, parabéns, nos ajude mais, leve o projeto ao plenário da casa para que os pobres do Brasil tenham acesso ao livro.

Hoje, passadas as eleições fica mais claro o motivo do PT querer barrar de todo modo o e-reader. Acompanhem meu raciocínio: no período eleitoral os candidatos tem tempo pago com dinheiro público para anunciar sua plataformas, isso para que o leitor informado escolha qual representa sua posição, mas o que acontece se o candidato mente descaradamente? O eleitor vota enganado, vota em propostas mentirosas, vota em uma candidatura falsa! E é isso que aconteceu agora com a Dilma, mal fechou-se as urnas e ela fez tudo exatamente ao contrário do que disse, está gravado, falou em cadeia nacional, e pior, acusou o outro candidato de fazer o mesmo. Se ela por toda lógica enganou o povo, é pela própria definição uma presidente ilegítima, pois quem por ventura votou nela, votou em uma mentira, e uma mentira tão vagabunda que nem uma semana do pleito a verdade veio à tona! A candidata que concorreu era uma candidata falsa, o que ela dizia não tinha valor nenhum, enganou na maior sem-vergonhice o eleitor, simplesmente para tomar o poder.

Sem contar o uso da máquina pública para desequilibrar a eleição, sem contar qualquer outro desvio de conduta que dependa de provas para confirmar, um fato é notório e do conhecimento de todos: Dilma usou da mentira para promover-se, fez o eleitor votar em uma fraude, e isso é óbvio, por este motivo não tem legitimidade! Ou a mentira é válida?

Qualquer eleitor mais afeito à leitura tinha ferramentas para saber que tudo que Dilma disse era a mentira mais deslavada, hipócrita e sórdida, mas esta não é a realidade da maioria dos brasileiros, querem a comprovação? Sobreponham o mapa do analfabetismo do Brasil com o mapa do resultado eleitoral, é impressionante, o PT ganha onde existem mais analfabetos. Aí você me pergunta: quando eles vão melhorar a educação? Nunca! O cidadão educado é uma pessoa que vê através das mentiras do PT, e por isso não confia no partido, sabem que eles usam o governo para o próprio bem enquanto fazem questão de manter o brasileiro na pobreza, uma tática digna dos monstros.

Para o leitor culto o PT representa a lepra mais fedorenta dos vícios da política, pois não é que eles usem a política apenas para o ganho pessoal como fazem outros partidos, usam para eliminar todos os brasileiros que se oponham a eles, usam a política para acabar com a democracia no Brasil, e tudo isso com uma coordenação nunca vista no mundo da corrupção; o julgamento de mensalão deixou claro, era tão grande que a justiça nem conseguiu investigar tudo, mas o pouco que vimos já era muito. Ao mesmo tempo que o mensalão era julgado, estava em pleno funcionamento o petrolão, muito maior, e o governo que está aí faz de tudo para abafar o caso, a pressão de bastidores está incrível. Dilma foi acusada de saber de tudo, isso precisa ser investigado de maneira urgente, não podemos ter a suspeita de que a presidente é uma criminosa. Ela negou-se em entrevista e nos debates a dizer o que acha do crime do Zé Dirceu, um dos chefes do seu partido e bandido condenado no mensalão, está cumprindo pena, mas para o PT ele é um herói, é também um herói para a Dilma? Independente das provas que por ventura apareçam, vamos ver o que já sabemos da Dilma: ela foi presidente do conselho da Petrobras, votou a favor de um negócio, a refinaria de Pasadena que representou um enorme prejuízo para a empresa, pois compraram algo de baixo valor por um valor altíssimo, mas Dilma disse que foi enganada por um relatório fraudulento, realizado por Nestor Cerveró, mas deu ao homem que a fraudou um dos cargos mais cobiçados na Petrobras, e se isso já não fosse o suficiente, veio a público um vídeo onde os depoimentos na CPI da Petrobras foram fraudados com o auxílio de servidores da presidência da república! É pouco? Se alguém te engana você dá a ele um dos cargos mais cobiçados da Petrobras e ainda ajuda o gajo a fraudar uma comissão de inquérito parlamentar? Digam-me “juízes” ( todos cidadãos), ela parece culpada ou inocente?

Quando alguém mente diante de um juiz isso chama-se perjúrio, não por ser a pessoa do juiz algo especial, mas por que mentir ao juiz é mentir ao povo brasileiro, é isso que ele representa. Quando Dilma mente na campanha eleitoral não é a mesma coisa? É lícito? É isso uma democracia? A república da mentira?

Quando Dilma diz que nada sabe do petrolão, ela está mentindo ou dizendo a verdade?  Como podem ver, não adianta escrever textos que só digam o óbvio, é preciso educar a população para que saibam atuar em um regime democrático, a luta pela liberdade começa com a educação, e pelo livro ser o insumo fundamental à educação é que o PT quer que ele seja inacessível ao povo pobre e ignorante, entre nesta luta, vamos fazer um país mais educado, culto e livre, e para isso nossa principal ferramenta é o livro. Sem imposto no e-reader o livro será barateado em um nível nunca antes visto na história do Brasil. Esqueçam todo o resto, livro e educação é nossa principal prioridade para um país mais livre e justo.

Alex

3 comentários:

  1. "... o PT representa a lepra mais fedorenta dos vícios da política, pois não é que eles usem a política apenas para o ganho pessoal como fazem outros partidos, usam para eliminar todos os brasileiros que se oponham a eles, usam a política para acabar com a democracia no Brasil ..."
    Alex, esta tua colocação é de uma simplicidade e precisão espantosa.
    Contextualiza o que muitos sabem, entretanto não conseguem sintetizar com tamanha acuracidade e sinergia. Parabéns!
    Forte abraço,
    Thiago.

    ResponderExcluir
  2. As tecnologias digitais têm que ser realmente popularizadas, o poder público deve facilitar e não dificultar a difusão da leitura digital. http://blogdoebook.blogspot.com.br/2014/11/metodo-acelere-3x-sua-leitura.html

    ResponderExcluir
  3. Lá na pagina do projeto já entraram no CCJ com emenda para classificar o projeto como inconstitucional.

    ResponderExcluir