quarta-feira, 30 de abril de 2014

Promoção dia das mães. Kindle novamente por R$199,00, realize o desejo de toda mãe: ter um filho leitor.

Aumentar Letra Diminuir Letra





Parece que está tornando-se uma tradição, sempre nesta época do ano o Kindle ganha um belo desconto, entrei ontem na página da Amazon brasileira, e estava lá o Kindle a R$199. Acho que a idéia é presentear as mamães com um Kindle, mas a realidade é que o maior presente para a mãe é ter um filho leitor, saber que todos seus esforços para educar as crias resultaram em êxito, qual mãe não quer um filho culto? Mesmo mães que mal sabem ler vêem com orgulho o filho letrado, em um país sem leitores, sem educação, o filho instruído é mais raro que jóia.

Seria irônico se não fosse monstruoso o imposto que a Dilma e o PT ainda insistem em cobrar no e-reader a despeito do texto constitucional, esse Kindle de R$199 paga quase a metade para o governo! Imagine se não houvesse o imposto! Imagine se a constituição fosse cumprida em seus preceitos, imagine um Brasil melhor e mais justo. Mas não, o PT mantém de forma feroz um imposto que subdesenvolve os brasileiros, os mantém ignorantes, dependentes e inúteis, gado de curral eleitoral, sem erudição mínima para entender o que significa uma democracia.

O acesso ao livro é a tarefa fundamental para reverter essa situação que nos faz um dos países mais injustos do mundo, não é uma panacéia, é um primeiro passo, e sem ele nada pode ser feito. Muita gente mesmo sem ter o incentivo à leitura por profissão tenta instigar o leitor, mas eles, assim como eu batemos de cara com o maior obstáculo: o preço do livro no Brasil, se os pais do garoto tem dinheiro ele vai em frente, mas se não tem, não há esforço no mundo que o faça ler sem livros. E vou repetir-me neste pleito cidadão até que acabem com o imposto da vergonha, pois a cada e-reader comprado aproximadamente metade do dinheiro vai para o bolso do governo, imposto este que o PT cobra como censura ditatorial à educação verdadeira do brasileiro. Mesmo que eu pare de reclamar, o imposto ainda será cobrado, tornando a tarefa de difundir livros e leitura entre os brasileiros ainda mais difícil. Assim, aproveitem a promoção os que puderem pagar, dêem um e-reader para as mamães, mas o maior presente para todas as mães do Brasil é ter filhos leitores e educados.

Alex

3 comentários:

  1. "...o maior impasse de um leitor, é um não leitor..."

    ResponderExcluir
  2. Alex hoje na câmara irão debater a isenção do leitor digital.http://www.publishnews.com.br/telas/noticias/detalhes.aspx?id=76890

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta,

      Vi a notícia na folha, é a audiência pública mais privada que já vi, além do mais a folha escondeu que a relatora do PT já fez um parecer contra o e-reader, boicotar o aparelho faz parte do plano de controle da mídia, é uma questão ideológica para implantar a ditadura.

      Abraço,
      Alex

      Excluir