quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Manual Prático da Revolta

Aumentar Letra Diminuir Letra



Revolte-se! Simples? Não! Contra o quê? Contra que? Contra quem. Não adianta sair por aí chutando gato, cuspindo em janela e arrotando alto, você não esta se revoltando, está conformando-se. A figura do revoltado é a do idiota conformado, enganado. É preciso pensar, saber, ler, para revoltar-se; o ignorante não se revolta pois não sabe contra o quê nem contra quem. É preciso saber, e para isso é preciso rebelar-se contra a ignorância.

Vivemos tempos negros, se antes a idade das trevas foi imposta, hoje é auto-imposta, e depende de você sair deste estado de coisas, a tônica hoje não é a exclusão, é a auto-exclusão, aquela que as pessoas impingem a si mesmas, esperando que um terceiro lhe de educação, lhe de consciência. Não, revolte-se! Não seja vítima, não se deixe vitimizar, tome controle de sua vida e ouse saber, perguntar, descobrir, e assim ir onde não querem, saber o que não sabem.

A auto-exclusão é uma das figuras mais perniciosas da história, um dos maiores crimes contra a humanidade, contra o homem e contra a sua realidade, individualidade. É preciso diagnosticar a moléstia e só você tem o poder de curar-se. Não fique passivo, desafie-se, ouse ir além, seja teimoso, não conforme-se com o cabresto imposto oferecido de bom grado, vá adiante por conta própria, siga sua curiosidade, ouse perguntar, não é ignorância, é o caminho do saber; perguntar não é mostrar ignorância, ninguém nasce sabendo e ninguém sabe tudo, pergunte, seja honesto consigo mesmo e esta atitude lhe dará dividendos, só assim apropriar-se-á da cultura, não existe outro caminho, deixar de perguntar é esconder a própria ignorância e assim criar uma barreira para si mesmo. Não se coloque de lado, respeite a si mesmo, siga sua curiosidade, ouse perguntar e cresça.

Quando se faz perguntas muitas respostas estão em livros, aliás, é muito difícil fazer uma pergunta inédita, desta maneira, perguntar muitas vezes significa ler, pois nos textos já escritos estão nossas respostas, e não é por que estão escritas que as devemos aceitar, é preciso pensar e perguntar ainda mais, e só depois de pensamento criterioso aceitar uma resposta. Quando se lê participa-se de uma conversa ativa, não se deve simplesmente aceitar o que lê, mas questionar, e só se as respostas lhe fizerem eco aceitar. A leitura em aceitação total, sem perguntas, é o que lhe ensinam na escola, por isso é preciso revoltar-se, a diferença entre educação e doutrinação. Por isso o e-reader é tão combatido com um imposto que dobra o preço do aparelho, mantendo-o longe da população mais pobre, com ele, de graça o aluno pode ter acesso a livros fora da doutrinação escolar; sim, eles são culpados, é Dilma e o PT que cobram este imposto pois não lhes interessa educação de verdade para um cidadão pleno, mas não se deixe à mercê destes vagabundos, revolte-se! Leia, adquira cultura, conheça seus direitos, aproprie-se da leitura a além de tudo divirta-se, o mundo de quem lê é mais colorido, mais diverso, pleno. Às vezes sinto-me ridículo tendo que fazer a apologia do livro, é auto-evidente para quem lê que livro é bom, não só bom, magnífico, e isto para todos os interesses, pois só em livros temos intimidade total com estórias e história, pensamentos e pessoas, este é o livro, hoje mais barato, mais acessível e mais prático com o e-reader.

Você pode escapar da sina medonha imposta a ti, ouse saber, leia, faça a si mesmo e vá adiante. Já deparou-se com um texto onde no primeiro parágrafo não entende nada? Não desista, qual o motivo de não entender? Muitas vezes um texto usa jargão técnico de conhecimento que não faz parte de nosso repertório, portanto, para entender é preciso ir aos conceitos mais básicos, como ler um texto de física quântica, há ali condensado conceitos que você não domina e para entender deve ir para os mais básicos, mas há casos de textos que não foram feitos para serem entendidos, pois não há nada para ser entendido, e só fazendo estas perguntas você diferenciará um e outro, não se auto-exclua deixando um livro de lado e achando que não tem inteligência para lê-lo, pergunte o porquê de não entender, e verá que assim não existem textos difíceis ou impossíveis. Meu exemplo da física quântica talvez seja extremo, pois é um assunto que condensa muita teoria, mas infelizmente verá isto em livros escolares, e nestes livros não haverá nada a entender, pois os porquês das coisas não estão no texto, são feitos para o aluno ler de forma bovina, sem entender e apenas memorizar sem ter condições de perguntar, entender, e assim verdadeiramente apropriar-se do conhecimento. Um exemplo disto é a teoria dos orbitais atômicos nos livros de química escolares, não há nada lá para entender, pois a questão encontra-se nos domínios da física quântica, e isto se perpetua em livros de física, biologia, matemática e até língua portuguesa. Para escapar desta mediocridade só apelando a outros livros, outras fontes de conhecimento fora do currículo escolar, e aqui é que o e-reader é fundamental, pois está tudo acessível e gratuito na internet! É só procurar, perguntar e aprender a encontrar as respostas das próprias perguntas, fazer-se a si mesmo, aprender a encontrar respostas e não ficar refém de maus professores e currículos imbecis. Educação não pode ser doutrinação, é crescer, educar-se para vida, viver. Revolte-se, não deixe que lhe tirem o prazer da vida, confie em si, pergunte, ouse saber, ouse pensar com a própria cabeça.

Esta é uma época estranha onde o pensamento é condenado, existem perguntas proibidas, assuntos proscritos que são obrigados sobre as pessoas como um dogma não pensado, por isso perguntar e pensar é tão perigoso, por isso não querem que pergunte ou pense, assim verá que estes dogmas são apenas bobagens ignorantes. Todo este social, socialismo e humanismo que se pretende bonzinho enseja em si as mais cruéis monstruosidades, e a história já mostrou suas conseqüências, os massacres da revolução cultural na china, os crimes do socialismo alemão, a devastação humana e cultural da União Soviética que implodiu a si mesmo tornado seus cidadãos suas principais vítimas. Mas pior do que isto é atualmente o regime cubano, a ilha prisão, onde hoje o cidadão não tem liberdade nem para viver, e tem que recorrer ao mercado negro fora da lei para viver e assim todo cidadão cubano está à mercê da lei se não apoiar o partido, um regime inescrupuloso e agora escravocrata. Não acredito até agora que vamos pagar ao governo de Cuba por escravos médicos que não tem nem proficiência comprovada uma vez que são o principal produto do comércio humano da ilha. Devemos revoltar-nos pois no futuro seremos nós os escravos, e tudo começa devagar, tomam-lhe um direito por vez e ninguém fala nada da ignomínia. Para ter mais médicos no Brasil precisaríamos de mais leitura, não só mais mas melhores, estamos tomando o caminho contrário, importando escravos de Cuba, não dá para aceitar, é hediondo, é a volta da escravidão! E mais do que isso, vamos fazer com os médicos brasileiros o que fizemos com os professores, desvalorizados, desestimulados; este será o futuro do médico e aqueles com capacidade e competência não ousarão trilhar seu caminho, pois não valerá a pena, como o professor, serão escravos da mediocridade!

O socialismo não gosta do homem que se faz a si, que pergunta, que é consciente, abomina a inteligência, odeia a competência e assim o povo sofre, pois é vítima da própria ignorância, não que o capitalismo preze a inteligência, mas pelo menos não depende apenas da mais profunda ignorância para propagar-se. A briga não é direita versus esquerda, isso é coisa de otários, pautados por ideologias babacas e impensadas, o verdadeiro combate está entre inteligência e burrice, sensatez contra estupidez, cultura versus ignorância, liberdade de pensamento contra castração mental. E por isso o livro é perseguido, pois só quem lê revolta-se e sai deste debate viciado e tem condições de viver e fazer-se a si mesmo e assim ser um ser humano pleno.

Vivemos na era onde o homem foi reduzido a peça de máquina, quando conhecemos alguém perguntamos qual sua profissão, qual papel tem no aparelho gigantesco que é nossa sociedade, e ao homem não é facultado ser ou saber nada além do necessário para funcionar como uma engrenagem, o livro com sua diversidade pode lhe tirar deste papel nefasto, conhecer coisas além do que seu papel escrito lhe prescreve, ir além, para campos onde a máquina nunca chegou ou chegará, lugares exclusivos de seres humanos. Há hoje os que não querem ser parte da máquina, mas em vez de serem algo deixam-se ser nada, a geração "nem-nem". Entendo que esta vida de engrenagem não empolga ninguém, mas ser peça inútil jogada ao chão não faz de ninguém humano, revolte-se! Leia, aculture-se, viva, pergunte, ouse ser, pensar e existir. Revolte-se!

Alex

17 comentários:

  1. Oi Marta,

    Já havia visto esta referência à pesquisa da Pew nos sites de leitura eletrônica internacionais, o Publishnews só reproduz o conteúdo de maneira acéfala. O que acho? Acho irrelevante o suficiente para não reproduzir a matéria; acho que já viu, mas se não viu no arquivo do blog tem matérias contestando racionalmente dados de pesquisas, essas como as outras são tão infantis que chega a dar preguiça, eles não se dão conta da diferença entre e-ink e tablet, coisa que o leitor que realmente gosta de ler e investe tempo em leitura vê na hora, um dado objetivo, outro é que o e-reader tem longevidade, nestes quatro anos com meu Sony ainda leio com ele, pegue um tablet de quatro anos atrás... Celular... pode ser para ler no metro, mas na hora que chegar em casa, vai continuar a ler no celular? Ridículo! Só quem não gosta de ler, um mínimo de conforto é imprescindível, sem contar a duração da bateria, meses contra horas.

    Eles vivem tentando forçar a barra, mas a realidade da leitura e literatura é clara, não gostam de e-readers, só que eu perdi a paciência de repetir-me neste debate leviano, eles tentam convencer os ignorantes, mas o leitor que lê e já pegou um e-ink na mão não tem como enganar, é o óbvio contra a mistificação da propaganda, eles tem que fazer muita propaganda para ocultar a verdade, deixo a realidade fazer o seu trabalho.

    Abraço,
    Alex

    ResponderExcluir
  2. Oi Marta,

    Vi também as capas e-ink, mas aí o problema é que o celular com esta capa custa mais que um celular e um e-reader junto, além disso são pequenos. O e-reader pode ser um nicho em relação ao tablet, mas é o nicho dos leitores, de quem realmente gosta de ler, e não é um mercado desprezível, pode navegar independente que nunca será engolido pelo tablet. Quantos fabricantes de telas de tablet existem? quantos de e-ink? Não é desprezível, ainda mais se contarmos o comércio de livros, pois leitores são consumidores mais ávidos do que pessoas que lêem eventualmente em uma desproporção gritante.

    Abraço,
    Alex

    ResponderExcluir
  3. começou bem o texto só descambou qdo começou a falar mal do socialismo, se vc lê, sugiro que leia O Capital de Karl Marx antes de ir a publico na internet e deixar um monte de falácias direitistas que a imprensa golpista paulatinamente expressa na tv, sim na União Soviética morreram 20 milhoes de soldados que deram suas vidas a combater um regime que nunca foi um regime socialista de fato, mais uma tirania que a União Soviética pagou caro desde o inicio para derrubar, alias quem combateu o regime Alemão do principio ao fim foi a união soviética.
    concordo com vc que para revoltar-se é necessário desprender-se da cultura de ódio, que infecta a população através da tv e diz que medico cubano é escravo, pelo contrário são homens livres! só pra registrar hoje em dia a tirania Yankee conspira, espiona e ameaça governos e populações, 2 nações tem poder de rivalizar com esse regime tirano e belicista, a Russia e a China 2 países que só são poderosos hoje em dia pq um uma parte da sua história foi socialista.
    Um vice presidente do Brasil que queria fazer a reforma agraria foi considerado comunista e declarou vaga a presidência dando inicio a uma ditadura captalista, o medo dos norte americanos? não era do Brasil ser uma Cuba, mais de ser uma China!
    No continente Africano nenhum pais nunca foi socialista, é só olhar e ver quanta fome, guerra, sede, miséria e sofrimento o capitalismo deixou por lá, e pra terminar antes de falar de Cuba estude a verdade.
    Assista por favor e revolte-se !!!!

    http://www.youtube.com/watch?v=nGwQnKj3CW8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denis Lemos,

      Vou fingir que quer debater e não é um ignorante ideológico, Quer citar Marx? Cite um argumento, pois parece que você não leu Marx, assim como não leu o texto, pois eu disse claramente: “A briga não é direita versus esquerda, isso é coisa de otários, pautados por ideologias babacas e impensadas, o verdadeiro combate está entre inteligência e burrice, sensatez contra estupidez, cultura versus ignorância, liberdade de pensamento contra castração mental.”

      Assim, deixe-me apontar a ignorância:

      1-se na URSS tivesse vinte milhões de soldados eles teriam dominado o mundo, infelizmente a maioria dos mortos foi civil, ou civil “promovido” a soldado no papel.

      2-A URSS não combateu o regime alemão do inicio ao fim, além disso, Hitler ascendeu do Partido dos Trabalhadores Alemão de viés socialista.

      3- Para revoltar-se é preciso desprender-se da ignorância, não da “cultura de ódio”, não coloque palavras na minha boca, leia o texto! Além disso, cultura de ódio é a pauta do socialismo ao longo dos anos, ódio contra os judeus, ódio contra a igreja, ódio contra os heterossexuais, ódio contra os gays, ódio contra a burguesia, ódio contra a polícia em regimes democráticos e ódio contra os direitos do cidadão.

      4-Cubano não é livre, não pode sair do seu país, ou acha que o esporte nacional é enfrentar os maiores tubarões da terra em câmara de pneu velho?

      5- Cubano não é livre, pois não pode trabalhar para ninguém mais além do governo, o senhor de escravos.

      6-Médico cubano não é livre para trazer sua família, receber seu salário como os outros e viver livre no Brasil sem vínculos com Cuba.

      7-Cuba é uma ditadura, pessoas morrem na prisão por perseguição política.

      8-Cuba não tem liberdade nem para as pessoas conversarem, pois precisam colocar os rádios no último volume para que suas conversas não sejam ouvidas por um governo perseguidor, e nunca falam a palavra Fidel, no seu lugar passam a mão no rosto como a acariciar uma barba imaginária.

      9- A espinonagem americana não é direita pois viola os direitos, mas lá as pessoas ainda tem direitos, ao contrário de Cuba, China, Coréia do Norte e até Rússia, onde as pessoas não tem direitos e a espionagem sempre ocorreu. A espionagem americana é uma vergonha pois viola direitos, nos países socialistas ou pós-socialistas há espionagem mas não há vergonha pois as pessoas não tem direitos. Tem como ser mais claro?

      10- China e Rússia só são poderosos pois um foi czarista e o outro foi um grande império, o socialismo só os tornou piores e seus povos mais miseráveis. Inclusive miseráveis culturalmente, pois o primeiro passo de ambos regimes foi destruir a cultura!

      11-O Brasil virou uma ditadura depois da revolução de 64, assim como os socialistas eles não gostavam de cultura e encarregaram-se de destruir o ensino e as Universidades, seus maiores opositores, os governos Socialistas também destruíram o ensino e o tornaram ideologização, sem pensamento, sem lógica, sem cultura.

      12- A tal imprensa golpista do Brasil é socialista, eles só não podem mentir descaradamente como fazia o Pravda ou faz o Gramma pois o país ainda não foi tomado só por idiotas ou pelo regime totalitário. Eles vivem com o incomodo de não poder negar completamente a verdade.

      13- A África é quase toda ditadura e muitas delas de esquerda, mas mais que isto, o que mais assola a África é a ignorância!

      Portanto, leia, informe-se e saiba que Cuba é uma grande nojenta e fedorenta ditadura onde o povo vive na miséria para alimentar um governo de políticos socialistas sujos que se refestelam no que o mundo tem de melhor observando o povo passar fome. Compram a melhor comida para os políticos com o salário de médicos escravos que são comercializados pela ilha prisão cercada de tubarões.

      Alex

      Excluir
  4. Xi!!! chamou o GOLPE de REVOLUÇÃO. Você tem certeza disto blogueiro? Ditaduras de esquerda na África? Dando uma de otário?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ditadura de esquerda ou direita é só cor diferente, é tudo a mesma porcaria, veja que a ditadura brasileira foi estatizante, coisa de socialista! Mas várias da África se dizem “populares” como se diz a Coréia do Norte, veja os jornais de hoje, estamos financiando a ditadura do Mugabe com cem milhões de dólares, um governo que promove uma reforma agrária violenta e está no poder só 33 anos! Revolução e golpe é exatamente a mesma coisa no estado de direito, ou será que hoje não estamos em pleno golpe para violar o estado de direito? O mensalão não foi um golpe para acabar com a república? Instrua-se, ignorância fede!

      Alex

      Excluir
  5. Pera, você disse que a ditadura no Brasil foi coisa de socialista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que falta que faz a cartilha... disse que a ditadura era estatista assim como os socialistas, estou mentindo?

      Alex

      Excluir
  6. Na verdade eu não acho que você esteja mentindo, acho que você simplesmente não sabe o que diz.

    Uma dica, dá uma estudada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto sei o que digo, que a prova mais cabal é que você não tem argumentos a contrapor e fica nesta provocação infantil sem conteúdo, sei porque li, não fiquei na sua ignorância, menospreza os leitores, aqui não é seu lugar, aqui se lê, percebem de longe que é apenas um bobalhão falastrão sem argumentos. A ditadura brasileira foi estatista e mais que isto assistencialista, características do pensamento socialista, e qualquer um que conheça a história ou veja as nossas instituições vê com absoluta clareza, mas era uma ditadura, que seja de esquerda ou direta, é sempre um lixo, por isso espanta-me que brasileiros vivendo no Brasil defendam Cuba e não vão morar na ilha cercados por tubarões, que aliás nem podem ser pescados para matar a fome pois até os peixes são do governo. Qualquer um que seja complacente ou defenda Cuba quer o pior para o Brasil, quer o brasileiro miserável como os cubanos. Abra o olho e abandone a ideologia burra.

      Alex

      Excluir
    2. Nunca defendi cuba. Sempre defendi o Capitalismo e a meritocracia.
      Não tentei argumentar com você sobre a ditadura, não vou fazer isso. Sei que você não vai mudar o que acha que é certo, não ganho para explicar nada.

      Mas ainda aconselho que leia mais sobre a ditadura do Brasil.

      Excluir
    3. Da última vez que tentei argumentar você moderou o forum, acabou com o chat e um monte de coisas. Prefiro não me indispor de novo.

      Excluir
    4. Novamente você faz um post, e novamente não consegue apresentar um argumento, novamente a mesma provocação infantil, já avisei que aqui não é seu lugar, é uma página de leitores, gente que lê, instrui-se, e assim sabe ver um argumento, coisa que você não colocou, e nem leu o texto, sou a favor da inteligência, o extremo oposto da sua prática, não justifico qualquer ideologia acéfala, e também não tenho tempo para gastar com inutilidades como esta, fará um quarto post sem argumento? Fácil, é só deletar, como você já fez antes, quer colocar um argumento, estamos aqui para discutir, quer ficar fazendo palhaçada, será retirado, aqui não é casa da mãe Joana.

      Alex

      Excluir
    5. Mais uma vez você não entendeu o meu ponto.

      Só me pronunciei quando você falou que a ditadura brasileira foi coisa de socialista.

      Abraço.
      Como eu falei, da última vez que tentei argumentar com você, você colocou senha no chat e passou a só aceitar comentários que concordavam com você.

      Por isso decidi ignorar e e deixar você com seus pensamento, não vou me indispor para ensinar história.

      Mas já que é um leitor, aconselho que leia algo sobre o governo anterior à ditadura e os interesses que levaram ao regime ditatorial brasileiro.

      Excluir
    6. Novamente, sem argumentos, não percebe que faz papel de bobo, quem sabe fala, e até agora você não disse nada! Absolutamente nada! E pior, nem sabe ler, disse que a ditadura brasileira foi estatista e assistencialista. Estatismo é coisa de socialistas? É! Assistencialismo é coisa de socialistas? Agora é! Mas vamos pegar onde incomoda, já ouviu falar de um livro chamado “1964 a conquista do estado”? Livro escrito por notório esquerdista René Armand Dreifuss, nele cita nomes reais e métodos do governo da ditadura, onde estão as pessoas que ele nomeia no livro? Quais os métodos do atual governo? São os mesmos? Responda!

      Além de tudo é um notório mentiroso, foi instalado no chat um programa que detecta e bane spammers com base em uma lista internacional. Os que foram banidos aram vagabundos já conhecidos na internet e marcados nas listas.

      Se já leu sobre a ditadura, pois com certeza não viveu, responda as perguntas acima! E aí, diga-me: não é muita semelhança com o governo da ditadura?

      Alex

      Excluir
  7. "Por isso decidi ignorar e deixar você com seus pensamentos, não vou me indispor para ensinar história."

    PS. última msg no chat - 23 Jul 13, 02:54

    Tinham muitos Vagabundos conhecidos na internet nesse site ein.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novamente, sem um argumento, o grande professor de história (modo irônico ligado), não consegue responder sequer perguntas simples ou ao menos nos fornecer um argumento, e assim o douto professor indistinguindo-se de um jumento, prova que nada sabe a contento.

      Não muitos vagabundos aqui pairavam, mas apenas um que precisava mascarar seu ip usando sites freqüentandos por delinqüentes para fingir-se de vários, e assim a internet cumpre a profecia do exorcista onde o mau espírito se faz legião de um pseudo-homem só.

      Alex

      Excluir