quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Extra, extra: Amazon põe os pés no Brasil

Aumentar Letra Diminuir Letra

Saiu fresquinho no Publishnews, a Amazon tem um quiosque para venda de Kindle e periféricos.


Trata-se de uma parceria com o brasuca Superfone, empresa especializada na venda de celulares pela internet, a qual proporcionou a criação de e um espaço no Shopping Morumbi em São Paulo, no qual o consumidor pode testar, segurar, ver, cheirar o Kindle Geração 4.

O melhor de tudo isso, tem atendimento especializado para tirar dúvidas e ensinar o uso do e-reader.

O Kindle está sendo vendido pelo mesmo preço sugerido pela Ponto Frio, R$299,00 e na reportagem um novo quiosque deverá abrir no Shopping Iguatemi.

Dessa reportagem podemos verificar que a Amazon pretende investir no Brasil, adotando uma política de busca ativa pelo cliente.
Contudo, de uma forma discreta e eletizada, veja, nos Estados Unidos, por exemplo, o Kindle, além da venda on-line, pode se encontrado em lojas como Best Buy, Staples, Target, WallMart (suspenso recentemente), lojas acessíveis as todas as classes sociais.

Aqui, a loja física foi aberta em um dos shoppings mais caros do Brasil, o que pode dificultar, ou inibir o acesso de leitores e futuros leitores mais humildes.

O fato é que, cada dia que passa a divulgação e a presença dos e-readers  no nosso dia a dia vai aumentando, e que esse fato pressione nossos governantes a apoiar a cultura e aprovar o bendito projeto de lei.

22 comentários:

  1. é só o começo! Daqui a pouco populariza.
    Finalmente uma loja onde o ereader não vai estar no meio de tablets.

    ResponderExcluir
  2. Já é um começo! Daqui a pouco espalha!
    TO torcendo pra amazon trazer os special offers

    ResponderExcluir
  3. A Kobo já ta vendendo o KoboGlo. Não entendo porque a Amazon ainda não oferece o PaperWhite por aqui.

    ResponderExcluir
  4. O Quiosque não é da Amazon, mas de uma empresa de celular que vende kindle, ou seja, nada de novo, não é a Amazon colocando sua loja física. Sim, é um shopping caro, mas tem grande freqüência, principalmente de adolescentes, e quem não viu um e-reader não tem idéia de quão diferente de um tablet é para ler. Pode ajudar um pouco, mas na minha opinião, o que deveria ser feito é um trailer itinerante que viaje o interior onde tem internet, mostrando o aparelho e ajudando as pessoas a configurarem junto com redes wi-fi. Há muitas cidades, grandes até, que não tem biblioteca e nem mesmo livraria onde o aparelho faria grande diferença, o Brasil é grande, e com esta tecnologia as pessoas do interior teriam o mesmo acesso aos livros das pessoas de cidade grande. Mas por conta do imposto o aparelho ficará restrito à elite pensante, que já lê, com dificuldade de fomentar a leitura entre a população carente, nada que não seja almejado pelo governo PT que é contra a popularização e liberdade de leitura.

    Abraço,
    Alex

    ResponderExcluir
  5. Acho que muda sim.
    Temos a Amazon usando de uma parceria para colocar os pés no Brasil.
    Temos um quiosque com um Kindle bem grande escrito e sabemos que a amazon não deixa o nome Kindle aparecer em qualquer lugar.

    Esse é o primeiro quiosque, se der certo, quantos mais virão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Spallenza,

      Mas o ponto frio e a livraria da villa também são parcerias do mesmo tipo, estranho apenas os alvos: livraria da villa, carísima! Shopping Morumbi e Iguatemi, uns dos mais caros. Acho que há o entendimento que o kindle é para uma elite, é muita coincidência.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
    2. Cara, você entrou em uma e não quer sair mais.

      Claro que kindle é pra elite. Ele custa 300 reais e é feito só para ler.

      Mas agora além de termos lojas físicas que vendam kindles, temos uma loja física que só vende kindle.

      Antes só um pequeno grupo que saía do país ou que pesquisava coisa em mercado livre e sites do gênero podia comprar o kindle.

      E agora todos que vão ao shopping morumbi podem comprar o kindle.

      E como será amanhã?

      E onde entra o ponto frio nessa comparação?

      Excluir
    3. Spallenza,

      Estou mentindo? O kindle é vendido nas lojas do ponto frio ou só na internet? E me responda: quanto o Kindle brasileiro é mais caro por conta do governo PT? R$150! R$100 de dinheiro inútil? Nos EUA ele custa U$69, e obviamente o preço baixo é parte da estratégia da Amazon para atingir mais pessoas, e veja que lá o ganho mínimo é de cerca de R$4000,00 e aqui R$650, sendo que lá poucos ganham isso, e aqui é quase metade da população. Há a mesma possibilidade de estratégia de preços? O quanto o imposto contribui para manter o aparelho longe dos brasileiros mais pobres? Justamente a população mais carente em cultura e educação? Estão aí os argumentos, responda.

      Alex

      Excluir
    4. Cara, já deu sua birra com o pt. já pesquisou preço de carro? Mesmo retirando o valor dos impostos, um carro fabricado no Brasil é mais caro que o mesmo carro no México.

      Mas pra você, se chove, a culpa é do pt. Fez sol demais, toma culpa no pt. Broxou? Culpa do pt que não deu desconto no Viagra. Deu desconto? Governo assistencialista...

      O kindle nos eua custa 69 com propagandas, o nosso não tem. Livro é caro no Brasil antes do pt também.

      Excluir
    5. Spallenza,

      Respondeu alguma das minhas questões? Não! Foge pois não tem argumento, tenha vergonha na cara! A falta de carro deixa as pessoas ignorantes? O carro é isento de imposto na constituição? O imposto do livro é culpa e desejo do PT, pois ele mantém as pessoas ignorantes, como o livro que já era caro que mantinha o povo ignorante, o e-reader é a primeira vez na história onde o livro pode ser acessível, e é isso que assusta o governo, pois livro é a base de toda educação e cultura crítica, o que o PT não quer, pois ele quer gente como tu, sem argumentos e exibindo aqui sua ignorância, defendendo bandidos! Arrecadando dinheiro para pagar a multa do Zé Dirceu que usa bermuda de R$600, vai lá, pagar a conta do seu dirceuzinho. Vá visita-lo na cadeia e leve um livrinho para ele, pois só roubou o seu dinheiro. Você sustentou a amante do lula com cargo oficial, pagou despesas de viagem e ela nem apareceu nas listagens dos passageiros da comitiva, para você isto é lícito? Claro, é por isso que é necessário o imposto no e-reader: para pagar a amante do Lula com dinheiro público, para os mensaleiros desviarem, e você justifica tudo e aplaude.

      Livro pode ser barato no Brasil, e é isso que o PT não quer, mas a Dilma da maneira mais hipócrita do mundo vai em França e Rússia arrotando que educação é importante, você não tem vergonha de apoiar tal hipocrisia? A retirada do imposto sobre ebook e e-reader é uma medida financeiramente ínfima, e não existe iniciativa com maior custo benefício para educação, se tem diga uma! Por isso, para a hipócrita da sua presidente, educação de verdade não deve ser fomentada, e esta iniciativa, a mais fundamental, não pode ser tomada. Livro é e foi a base de toda educação, sem ele não há educação, por isso é que o PT se garante, barrando o livro, evita de todas as maneiras que o brasileiro tenha uma educação de verdade.

      Assim Spallenza, se não tem argumentos evite tergiversar, prove seu ponto em vez de gritar como um desesperado, os meus argumentos estão claros e expostos, você por outro lado não tem argumento, só militantismo irracional. Não seria melhor aprender a ser um cidadão do que uma ferramenta estúpida para bandidos? Bandidos que agem como os bandidos da ditadura?

      Alex

      Excluir
    6. Não respondi, te mostrei que existem coisas no Brasil que mesmo sem os impostos é mais cara que em outros países.

      Em que parte defendi bandidos?

      Você fala com muita propriedade de pessoas que não conhece. Não sabe onde trabalho e o que faço da minha vida.



      Fala que um leitor de irrita, o outro é inculto e tem mais um ignorante.

      Vejo você reclamar e tentar rebaixar pessoas com opiniões diferentes de você, mas me fale rapaz, qual é o seu trabalho Alex? Em que você ajuda o país? Quais são seus projetos sociais? Quantos projetos de incentivo à leitura você tem?

      E pergunto mais, quando o livro foi barato aqui? Era barato e o PT aumentou os impostos em cima dos livros e por isso que é caro hoje?

      Porque não para de reclamar e começa a agir? Apresente aqui o site dos seus projetos sociais que juro analisar suas propostas e tento te ajudar.

      Excluir
    7. Não Spallenza, você não mostrou nenhum argumento valido, primeiro: carro é muito mais caro aqui por conta do imposto, segundo: o livro tem imunidade constitucional, não deve se cobrado imposto sobre ele! Pois livro é fundamental para a democracia, liberdade de expressão, carro não. Viu seu argumento ruim indo para o lixo?

      Defende bandidos no momento que defende o partido comandado pelos bandidos:
      Zé Dirceu – bandido condenado- Chefe de quadrilha- Ex-presidente do PT, ministro da Casa civil do governo Lula.
      José Genuíno- bandido condenado-Presidente do PT
      Delúbio Soares- bandido condenado-Tesoureiro do PT
      Silvio Pereira- bandido condenado- Secretário do PT
      João Paulo Cunha- bandido condenado- presidente da câmara PT

      Segundo o próprio estatuto do partido os condenados deveriam ser expulsos, não foram, o PT abriga os bandidos e você defende o mesmo PT dos bandidos! Genuíno- bandido condenado- assumiu uma vaga de deputado com a anuência do PT. E você continua defendendo os bandidos. Será que posso ser mais claro?

      Uso a lógica para falar do que você escreve, se você apóia o partido dos bandidos que apóia os bandidos, ora, logicamente você apóia bandidos, é o que você disse.

      Não sou funcionário público, não recebo dinheiro de impostos, mas como todo brasileiro sou cidadão, que tem por obrigação fiscalizar o governo, é assim que funciona democracia, aquela que você quer substituir por uma ditadura, pois precisa defender os bandidos. Diga-me por que você defende bandidos que te roubam? Porque defende que a amante do Lula seja paga com dinheiro público? Como defende que o governo cobre imposto sobre o livro e de maneira hipócrita diz-se a favor da educação.

      Mais resposta menos baboseira, cadê seu argumento? Pare de fugir!

      Alex

      Excluir
    8. É o discurso do significante vazio de Laclau, Alex. Como já disse antes, sempre tem um iluminado que aparece por aqui defendendo a corja do PT. Nesse caso, é uma escolha maniqueísta mesmo, não há como se abster: ou se é contra o PT e tudo o que ele representa, com a bandalheira que toma conta do país, ou se é a favor dessa quadrilha.
      A motivação para apoiar essa turma é que varia, desde aqueles que têm alguma vantagem pecuniária no fato ou são pseudo-revolucionários de botequim que repetem, como disse no início, um discurso que não resolve nada concretamente, mas que beira o fanatismo.

      Acredito que a realidade deve ser sempre levada à luz da verdade, Alex. Concordo plenamente com tudo o que você escreve sobre essa quadrilha disfarçada de partido político que é o PT. Não me incomoda que você se sinta ultrajado e atacado acintosamente como cidadão por essa turma. E quando você expressa sua opinião, muitas vezes em um tom de desabafo, saiba que estás falando por muitos, como eu. Não se sinta intimidado.

      Abraço,
      Francisco

      Excluir
    9. Francisco,

      Estar revoltado é justamente a palavra, não consigo admitir que se apóie bandidos, salafrários inumanos, uma quadrilha que se fez partido com todos os dirigentes hoje condenados à reclusão e ainda com influência no governo. Eu não sei se leu o “1964: A Conquista do Estado”, mas os métodos são exatamente os mesmos, a única diferença é que em vez de usarem as armas da nação, usam o dinheiro do cidadão.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
  6. Parto da premissa de que o e-reader jamais será algo tão popular por conta da limitação à educação que o governo mantém em nosso país.
    Contudo, de acordo com a inversão de valores que presenciamos em nossa sociedade, a melhor forma de fazer as classes economicamente mais baixas desejarem um produto é aliando sua imagem com a exclusividade que só classes mais abastadas podem ostentar. Agregar esse tipo de valor ao Kindle será a chave para atingir aqueles que nunca pensaram em comprar um e-reader a tê-lo por simples aparência. Já os leitores e verdade... bem, esses já desejam e vão comprar o Kindle de qualquer forma.

    Cruel, não? Mas é o mundo que vivemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisco,

      Pior é que eu tenho que concordar contigo, faz sucesso entre os pobres o que é prezado pela elite, e desta maneira é uma estratégia de promoção válida. E como disse, quem lê, só quer livros e nada disso importa.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
  7. Prezados, entendo todos e independente de escolha partidária, o e-reader não mudará a educação brasileira onde mais se precisa e mesmo o e-reader imune a tributos. o e-reader sem tributos custará em média R$120,00 e a massa da sociedade que é primordial a evolução com a educação e leitura não disporá de tais recursos para a aquisição de um meio para ler(e-reader) e mais recursos para propriamente ler(ebooks).Com tais recursos é mais viável comprar o livro tradicional mesmo. necessitamos de mais campanhas de incentivo à leitura e sua importância. a universalização da leitura com o e-reader e ebooks não é para quem mais precisa.
    abraço e parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diogo,

      O e-reader sem imposto vai custar o preço de uns quatro livros de papel, e junto com ele, o possuidor ganha um meio confortável de ler toda obra de domínio público. R$120, hoje é o preço de um celular, coisa que todos tem, nem que seja em dez prestações, portanto, não é assim impossível, e o custo mensal é menor que do celular.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
    2. Diogo,

      Apenas para exemplificar o que o Alex cita em "ler toda obra de domínio público", acesse o site http://machado.mec.gov.br/ e observe que há toda a obra de Machado de Assis para download gratuito. Claro que também é possível lê-los no pc, celular, tablet, e etc, mas com a prerrogativa do "como no papel", apenas no e-reader!

      Por R$120,00 se compra toda a obra de machado em papel? Talvez sim, mas quantos mais escritores estão em domínio público e também não pagaríamos nada pela sua obra?

      Baita abraço pessoal!

      Excluir
  8. Olá Fábio, eu estou passando por um problema com o Kindle comprado no site do Ponto Frio essa semana (14/01). Após baixar alguns e-books no site da Amazon detectei uma linha horizontal bem no meio da tela. Entrei em contato com o Ponto Frio solicitando a troca mas informaram que não há mais Kindle em estoque e sugerindo que eu aceite um VALE COMPRA ou troque por outro produto. Em caráter de desespero enviei um email para a Amazon (brasileira) informando o problema. Agora, cá pra nós: fiquei com uma sensação muito ruim...começo a pensar que o lote enviado para venda aqui no Brasil é o que não passou no controle de qualidade da Amazon dos EUA...estou me sentindo lesada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marília,

      Da minha experiência a Amazon é a empresa que melhor atende o consumidor nestes quesitos, e acredito que seu caso não seja norma, pois é raro vermos estes problemas por aqui. Defeitos acontecem, e a Amazon tem sido muito atenciosa nestes casos, a resposta do ponto frio nem é legal, se o seu produto tem vício e eles não tem outro para trocar, devem no mínimo reembolsar o seu dinheiro. Vamos ver como a Amazon Br resolve o problema, se não funcionar, tente a Amazon USA que tem dado garantia aos kindles independente de onde tenham sido adquiridos, neste sentido até hoje só ouvi elogios. E sinta-se à vontade para postar aqui o resultado, seja ele positivo ou negativo. Há certa apreensão que a Amazon Br seja avacalhada como tudo no Brasil, e não nos dê o atendimento que tanto prezamos da Amazon USA. O mais importante é que consiga a troca do aparelho e possa desfrutar do prazer de ler.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
    2. Marilia, se a coisa não se resolver, não aceite vale-compra (a menos que queira). caso não devolvam seu dinheiro, interponha uma ação no Procon, que funciona - por lei vc teria dieito à troca do aparelho OU devolução do valor pago corrigido

      Excluir