sábado, 29 de dezembro de 2012

Novo livro bilíngue pretende promover a literatura brasileira no exterior

Aumentar Letra Diminuir Letra


Contemporary Brazilian Short Stories (ou CBSS) significa "contos brasileiros contemporâneos" e é uma iniciativa que foi criada no começo de 2011 para promover escritores brasileiros junto ao público da língua inglesa. O objetivo é oferecer uma fatia do Brasil para os leitores de todo o mundo, compartilhando perspectivas diferentes dos brasileiros sobre temas bastante diversos, desde vida pessoal e profissional, amor, solidão, comédia, crime, meio ambiente e observações aleatórias sobre a rotina do dia a dia.

Um grupo seleto de escritores foi abordado a partir de janeiro de 2011 e, após darem a devida autorização, tiveram seus contos traduzidos e incluídos em um cronograma de publicação. Em junho de 2011 o CBSS estreou no endereço BrazilianShortStories.com, sendo atualizado quinzenalmente, todo dia 1º e 15 do mês.

Para dar uma ideia de quem são e de onde vieram, uma foto e breve biografia de cada autor também foram incluída no site. Os leitores que se interessam pela língua portuguesa podem visitar ainda o blog ou site pessoal de cada escritor para ler a versão original do texto traduzido e publicado pelo CBSS, além de outros contos em português disponibilizados pelo autor.

Antologias anuais alcançam público mais amplo ― Além do formato em website, o CBSS também foi projetado para se tornar um livro a cada ano. O primeiro volume foi publicado em dezembro de 2012 e reuniu 22 contos destacados entre junho de 2011 e maio de 2012.

Wilson Gorj, escritor e editor paulista, explica a importância de ter seu trabalho traduzido para um idioma tão universal. "Confere à nossa literatura uma certa credibilidade. Afinal, ninguém se daria ao trabalho de traduzi-lo, se o texto não tivesse alguma qualidade", afirma.

"A tradução para o inglês tem a seu favor a abertura para leitores que desconhecem a literatura brasileira ou até mesmo ignoram a existência da língua portuguesa. Enfim, um tipo de leitor que, em breve, talvez desapareça, haja vista a visibilidade internacional que o Brasil vem obtendo de uns tempos para cá. Com esse trabalho de tradução, encurta-se a distância entre as línguas de Shakespeare e Camões."

Projeção internacional ― O CBSS foi criado e é mantido pela Word Awareness, uma pequena rede de tradutores profissionais estabelecida na Califórnia, cuja presidente e diretora executiva é esta que vos fala. Sou tradutora e brasileira como os escritores que ganham destaque nas páginas do site. Dois deles, aliás, também são colaboradores do EbookBR: Maurem Kayna e Paulo Carvalho.

Há uns dois anos comecei a ouvir como, de uma hora para outra, escritores americanos independentes estavam ganhando uma legião de fãs que se encantavam pelas suas histórias, tendo encontrado seus livros na internet, em vez de terem sido influenciados pelas editoras ou por esta ou aquela lista de best-sellers. Alguns desses escritores até assinaram contrato com gigantes editoriais e acabaram sendo traduzidos para idiomas diferentes, atingindo um público cada vez mais amplo e internacional. Porém, isso só foi possível depois de um contato direto, quando os autores tornaram seu trabalho disponível por conta própria.

Como tradutora, pensei que oferecer versões em inglês para o trabalho de escritores brasileiros talentosos seria uma ótima ideia para ajudar os leitores a ter acesso a esses nomes até então pouco conhecidos e, quem sabe, renovar seu interesse em autores de outra língua e conhecer pontos de vista diferentes. Alguns dos contos disponíveis em inglês no CBSS foram até enviados para diversas revistas e publicações que se especializam em literatura e tradução.

Como é ver seu trabalho pelos olhos de outrem ― Um dos primeiros escritores a ganhar destaque no site do CBSS foi Ronaldo Brito Roque, de Minas Gerais. Ele também é tradutor, lê em inglês e refletiu sobre como o autor vê seu próprio trabalho traduzido em palavras que ele não escreveu mas que, mesmo assim, expressa suas intenções originais.

"Depois que comecei a escrever profissionalmente, acho que uma das minhas experiências mais marcantes foi ver meu conto traduzido para outro idioma. É uma experiência paradoxal", explica.

"Você começa por estranhar aquelas frases, tão diferentes das que você escreveu, e que ainda assim são supostamente suas. Depois você vai reconhecendo a inflexão do personagem, a sequência de acontecimentos, as metáforas, as pequenas sacadas estilísticas, até que de repente o texto volta a lhe pertencer, porém de uma forma nova."

Como participar ― Escritores brasileiros são convidados a enviar seus contos, cujo tamanho ideal varia de 500 a 2.500 palavras, além de uma foto e uma breve biografia indicando quando e onde nasceram, quais são as suas experiências acadêmicas e profissionais, além das suas atividades literárias. Tradutores de português para inglês também podem entrar em contato com essa iniciativa literária para ajudar a selecionar e traduzir a longa lista de material enviado.

Para entrar em contato com a equipe do CBSS, envie um e-mail e siga o site pelo Twitter e pelo Facebook.

3 comentários:

  1. Iniciativa muito boa!
    Não tirem os comentários pelo facebook, PLEASE!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tiramos, Coelho... talvez tenha ficado indisponível por algum tempo, mas segue ativo.

      Excluir