sábado, 20 de outubro de 2012

Kobo Glo x Kindle Paper White

Aumentar Letra Diminuir Letra

O pessoal do grupo Kindle Brasil no Facebook postou esse video bacana com uma comparação entre o Kobo Glo e o Kindle Paper White. Mesmo sendo em inglês todos poderão perceber o funcionamento de um e outro no escuro, as vantagens e desvantagens.

Eu, caso fosse trocar, acho que ficaria com o Kobo. Confiram aqui e contem qual a sua preferência.





Por Maurem Kayna

7 comentários:

  1. Eu ficaria com o Kindle mesmo. Dentre outros, por esses motivos:

    - Suporte a dicionários integrados de vários idiomas;

    - O novo Paperwhite tem uma ferramente de tradução de trechos (não se restringe à tradução de palavras, como antes);

    - Indexação do conteúdo do aparelho, que permite pesquisas por termos em todos os documentos ao mesmo tempo;

    - Funções como x-ray e mostrar quais são as passagens mais marcadas por outros usuários (no caso de livros comprados da Amazon);

    - Send-to-Kindle e demais serviços periféricos da Amazon. Sem falar no atendimento ao consumidor, que é muito bom.

    - A bateria dura mais, mesmo com a luz ligada.


    Mas lógico que o Kobo também tem seus encantos! Como suporte a ePub com DRM Adobe, entrada pra cartão de memória de até 32gb, a parceria com a Cultura...

    ResponderExcluir
  2. Eu queria essa home screen no K4... :(

    ResponderExcluir
  3. Fico com o Kobo Glo, a Amazon diminuir a memória que era 4Gb no touch para 2 Gb no paperwhite é uma atitude muito mesquinha sem providenciar uma entrada SD, gosto do conceito biblioteca ambulante, onde todos os seus livros e papers podem estar contigo permitindo referência rápida; com cartão SD posso transferir minha biblioteca de um aparelho para outro se suportarem o mesmo formato sem DRM, além disso, pelos specs a bateria do Kobo é mais longeva que do Kindle, não o contrário como afirmaram, a não ser que fizeram um teste, o que duvido. A kobo anuncia setenta horas de uso contínuo, a Amazon oito semanas com meia hora por dia, ou seja Kobo 70 horas, Kindle 28 horas.

    A ferramenta de tradução do kindle precisa estar conectado à internet, e o dicionário é irritante, pois tem o mesmo problema do meu touch, são toques mais longos ou mais curtos que determinam se dicionário ou highlight, uma idéia ruim, no Sony dois toques na palavra chamam o dicionário e um toque e arrasto marcam o texto, muitíssimo melhor.

    Tirando a iluminação, o Kindle paperwhite é um downgrade em relação ao meu kinde Touch, e resolvi a iluminação com uma lanterninha de livro (U$5,00) que usa 3AAA e não drena a bateria do aparelho, portanto, entre ambos, fico com o Kobo mini, que se for confortável para ler vai adicionar funcionalidade por sua extrema portabilidade, melhor só se tivesse entrada SD.

    Abraço,
    Alex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Amazon não adotou o critério de horas contínuas de uso para especificar a duração da bateria. Para compará-las, temos que usar algum critério disponível que tanto Kobo quanto Amazon tenham adotado.

      Tanto a Kobo quanto a Amazon usam o critério dos 30 minutos diários de leitura pra determinar a duração da bateria. Segundo especificações da Kobo, nestas circunstâncias a bateria durará um mês. Segundo a Amazon, a bateria durará 8 semanas (o que geralmente corresponde a dois meses)com a luz ligada o tempo inteiro na posição "10".

      Estas informações estão nos sites dos dois aparelhos, e por isso eu disse que a bateria do Kindle dura mais. Se as informações fornecidas pelos fabricantes estiverem corretas, a bateria do Kindle Peperwhite durará aproximadamente o dobro.

      Excluir
    2. Se você segue as páginas de specs dos readers, deve ter notado que a Amazon mudou as unidades para evitar a comparação direta com o Kobo, em vez da resolução efetiva da tela, dá o valor de 212ppi, antes eles simplesmente falavam 800x600. A kobo manteve o padrão, a resolução de sua tela é de 1024x758, e se fizer as contas, é praticamente idêntica à grande novidade da Amazon. O consumo da Amazon é maior que do Kobo, pois pelos seus spec dura 28 horas contínuas, dizer meia hora todo dia por oito semanas é mais um jeito de escapar da comparação, onde na realidade a Kobo vence pois é mais difícil para a bateria manter uso contínuo por 70 horas do que interrupto por 28 horas. Portanto, pelo que dizem os fabricantes, a bateria do Kobo é mais longeva, o um mês de leitura prevê uma página por minuto, diferente da Amazon, e sabemos que é na mudança de página que o e-ink gasta bateria, tanto que antigamente a longevidade era medida em viradas de página. A kobo lançou antes o seu dispositivo, algumas horas, mas mostrou que no kindle não há nada de tecnologicamente novo, em realidade, é um downgrade em relação aos modelos anteriores.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
  4. Maurem, eu sei que e-reader é gosto de cada um. Mas tive um Kobo touch por 6 meses e achei a virada das páginas bem lento em comparação ao kindle touch, fora que o dicionário não tem inglês para português por enquanto. Particularmente prefiro o Kindle ou mesmo o Sony prs-T1 ao invés do Kobo. Além de que no vídeo o kindle paperwhite é bem mais nítido do que o Kobo Glo que tem uma cor azulada.
    Porém concordo com o Alex acho que o tamanho do Kobo mini em portabilidade é excelente, mas irei esperar para futuros kindle ou Sony no caso que já teve pocket, para comprar.
    Mas torço para que muitos no Brasil possam ter seus e-readers que seja kobo, kindle, Sony ou Nook e assim a literatura digital deslanche em nosso país.

    ResponderExcluir
  5. Achei o vídeo muito legal, acho que se tivesse que escolher, pegaria o kindle, principalmente pois já tenho um, o que facilitaria muito.

    Só tenho uma crítica pesada ao vídeo, eles deixaram ambos na iluminação máxima, mas pelo que eu entendi, o Kobo não foi feito para ser usado no máximo, ele provavelmente fica bem mais razoável em uma iluminação um pouco mais baixa, just saying.

    ResponderExcluir