sexta-feira, 11 de maio de 2012

Propaganda agressiva da Kobo

Aumentar Letra Diminuir Letra


O Izzy Nobre postou a foto acima no twitter que mostra uma campanha agressiva da kobo feita no Canadá.
A  Campanha é para o dia das mães e faz comparações com o produto da Amazon abaixo uma tradução da propaganda.




Um Amazon Kindle não terá a mesma mágica.E por qual razão? Porque enquanto nós dizemos sim o Kindle diz não. Não, para você poder ler seus próprios ebooks em qualquer ereader que não seja o Kindle. E nós sabemos quantas pessoas gostam de ouvir não. É por isso que a Kobo diz sim. Sim para ler seus ebooks em qualquer aparelho que você queria*. E mais, nós temos 1 milhão de ebooks gratuitos e mais de 2,2 milhões de títulos na nossa livraria. Sem mencionar a possibilidade de escolher um ereader em várias cores, com memória suficiente para 1000 dos seus ebooks favoritos, que podem ser lidos por um mês sem  recorre a reacargas da bateria, e uma tela na qual sua Mãe pode ler mesmo sob luz direta do sol. Kobo Touch ereader para o Dia das Mães. É melhor que ficar aprisionado pela Amazon. Agora, vá lavar as mãos! 


Com o Anúncio da Kobo e da Amazon de entrarem no Brasil podemos logo ver esta guerra de e-readers acontecendo no Brasil

2 comentários:

  1. Paulo, este e-reader da kobo touch é interessante, vamos esperar eles chegarem ao Brasil e ver o preço deles, este vai ficar na minha listinha de futuras aquisições. rs.
    Gostei da propaganda, se bem que gosto muito da Amazon e não me importo por só poder ler seus livros no Kindle porque por enquanto os preços dos e-books da Amazon são imbatíveis.

    ResponderExcluir
  2. Hihi!A briga tá feia mesmo!

    Achei bacana a propaganda.

    Espero que essa disputa seja saudável aqui no mercado brasileiro.

    Acho que quando duas empresas grandes começam a se engalfinhar assim, só quem ganha é o consumidor.

    Vamos ver quem vai chegar com mais vantagens ao leitor brasileiro.

    ResponderExcluir