quinta-feira, 5 de abril de 2012

A morte dos livros impressos: Papel x Ebook

Aumentar Letra Diminuir Letra

O site Business Inside publicou o seguinte gráfico onde podemos ver que livros de papel ainda tem seu grande apelo quando vamos ler para crianças (81% x 9%);

Também saem ganhando quando estamos preocupados em emprestar e tomar emprestado (69% x 25%);

Mas, na hora da leitura na cama, eles já começam a perder (43% x 45%);

Quando a preocupação é seleção de livros a derrota se amplia (35% x 53%);

Quando o assunto é viagens e "aqueles" momentos em aeroportos, rodoviárias, etc, a surra é grande (19% x 73%);

E quando a questão é conseguir um livro rapidamente...é massacre! (13% x 83%);

Pouco a pouco, o livro de papel vai morrendo...como aconteceu com as máquinas de escrever!

2 comentários:

  1. Nah, também não é pra tanto. O livro de papel pode ser ultrapassado pelo livro digital - o que é quase certo que irá acontecer -, mas eu duvido que ele vá morrer de vez, como aconteceu com a máquina de escrever. Voltando à pesquisa, eu gostaria de ver uma comparação desse tipo em relação à livros acadêmicos. Sou a favor dos livros digitais (só não tenho um e-reader ainda porque está faltando verba, rss), mas quando o assunto é estudar ainda acho mais fácil usar o livro de papel. Acho mais simples localizar meus grifos e anotações em um volume impresso do que em um e-reader - ao menos até agora. Do jeito que as coisas evoluem rápido, logo logo surge uma nova invenção para mudar essa minha opinião, né? Ou talvez seja só questão de hábito mesmo...Mas isso eu só irei descobrir quando tiver meu próprio Kindle em mãos, hehe, =).

    ResponderExcluir
  2. Posso estar sendo otimista, mas vejo o futuro com aparelhos digitais que farão o papel de livros e cadernos. Um único dispositivo lhe dará a possibilidade de armazenar suas obras literárias e acadêmicas. Você ainda será capaz de editar documentos com suas anotações em sala de aula, ou, quem sabe, receber as anotações direto de seu professor via rede interna ou internet. Pode demorar, pode ser algo que nunca se torne popular... mas é assim que vejo o futuro dos livros digitais.

    Mas enquanto o futuro não vem, sigo usando meu kindle :D

    ResponderExcluir