quarta-feira, 28 de março de 2012

Extra, Extra: Kindle Touch 3G em Português (brasileiro)

Aumentar Letra Diminuir Letra

É isso mesmo, os boatos foram dissipados, e Amazon não abandonará seu diferencial que é fornecer um aparelho com acesso a internet 3G sem custos diretos aos clientes, o Kindle Touch 3G está sendo vendido  em pré-venda e poderá ser utilizado em mais de 175 países, e o melhor o sistema agora terá 7 opções de língua: Inglês Americano e Britânico, Francês, Alemão, Italiano, Espanhol  e Português BRASILEIRO!

Essa novidade é acompanhada pelo preço U$189,00, na Amazon.com, para não residentes nos EUA, uma vez que esses podem comprar o Kindle com Special Offers por 40 doletas a menos. Mas o aparelho também pode ser adquirido na Amazon.frAmazon.de, Amazon.es. Amazon.it, Amazon.co.uk, com o preço em libra e euro.

Lembrando que por enquanto, nós brasileiros só podemos fazer o pedido via Amazon.com e quem comprar na pré-venda terá de esperar mais de um mês para receber o aparelho, pois a distribuição começa a partir de 27 de Abril.

Segue a baixo a carta de introdução do aparelho em espanhol:



Fica a pergunta, será que vale a pena pagar U$50,00 a mais para ter uma Kindle Touch 3G?

12 comentários:

  1. Em alguns vídeos tive a impressão de que o touch é meio demorado para responder?? procede?? to querendo comprar um e tô na dúvida se pego o sem touch ou com..até porque na diferença do preço dá pra encomendar uma capa...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Freitas,
      Sim, o Touch é meio lento de responder, e a interface é um pouco ruim, mal bolada. As principais vantagens: maior longevidade da bateria e maior espaço para livros.
      Veja um review: http://www.ebookbr.com/2012/01/sony-touch-vs-kindle-touch.html

      Alex

      Excluir
    2. Cara, a troca de página não me irrita nenhum pouco, acho rápida. Não estou comparando com outros leitores, pois esse é o meu primeiro. Não tenho o que reclamar dele.

      Excluir
  2. Richardson dos Santos Neves,

    A Amazon irá lhe cobrar por volta de R$378,00 no Kindle Touch 3G e transporte, e a Dilma irá lhe cobrar no mínimo R$226,00, o imposto da ignorância. Cobrado pelo pt para manter o brasileiro na ignorância. Total: R$604,00!

    Alex

    ResponderExcluir
  3. como se o PSDB fizesse muuuuuito para TIRAR o brasileiro da ignorancia, ne?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisco Macassis,
      Com poucas palavras consegue mais errar do que acertar, primeiramente assume que eu sou PSDB, quando sou apenas cidadão, e nas democracias é direito do cidadão criticar e fiscalizar seu governo, pois são nossos representantes. Assume que uma crítica só pode ter motivos partidários, pois cidadão não tem direito a manifestar-se sobre o mau serviço que paga para o governo fazer, novamente afirmo, estamos em democracia.Era crítico do FHC e sou do Lula e da Dilma, se achava que com o FHC estava ruim, agora está pior, e pior ainda pois não tenho mais o direito de me manifestar como cidadão, o que ocorre nas democracias, mas não nas ditaduras. E o maior erro de todos é que não considera que o PT é governo e tem o poder na mão, só depende do PT liberar o imposto da ignorância, nenhum outro partido é o dono do executivo, situação, governo. Assim, se o PT não libera o imposto, é prova mais do que suficiente que trabalham para sabotar a educação, pois nossa lei máxima, a constituição, proíbe tributo sobre livro.

      Alex

      Excluir
    2. A questão é que o pt entrou para fazer diferente. e nao para respondermos os erros do pt com justificativas do passado erroneo do psdb

      Excluir
    3. Fala Sério,

      Fale sério! Tenha em mente que aqui é um blog de literatura, pior não é só diferente, é simplesmente pior, nós aqui lemos 1984 e sabemos o que é “novilíngua”, a língua do estado que quer dizer o contrário. Existe diferença, é pior! A moral do PT é uma moral diferente, ou imoral; a corrupção no PT é diferente, é apenas “mal feito”; a abertura do PT é diferente, mais fechada, menos democrática; e o estranho é que esta diferença cada vez mais parece igual com a ditadura! Só um governo vigarista para ser contra o livro, contra o cidadão, e o PT é diferente: contra a educação!

      Alex

      Excluir
  4. vai existir alguma atualização para quem já tem poder trocar o idioma ou baixar algum dicionário deles?

    ResponderExcluir
  5. Estou indo morar na Europa e estarei por lá na época do lançamento do Kindle touch.

    Até então eu estava pensando em comprar o Kobo touch, mas com a chegada do Kindle touch fiquei em dúvida.

    Ambos equipamentos custam exatamente a mesma coisa(129 euros).
    O kindle tem mais espaço (4gb) mas não é expansível, enquanto que o Kobo tem 2gb mas aceita cartão de memória.

    Alguém tem uma sugestão de qual aparelho comprar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para eReader espaço não é assim tão importante. Um cidadão comum não precisa ter um milhão de livros em seu eReader. Ebooks em geral tendem a ocupar pouco espaço, raramente chegam a 3 megas, tendo na média 1 mega e meio, ou seja, 2,5 mil livros em uma memória de 4gb. Lembrando que vc pode deixar livros no HD do pc ou na nuvem da amazon sem ocupar espaço, despejando para o aparelho na hora que precisar.

      Excluir
    2. Obrigado pela ajuda Saulin!

      Andei pensando e acho que irei adquirir um Kobo pela Fnac francesa.

      As diferenças são poucas e em sua maioria insignificantes.
      A autonomia do Kindle é maior, mas não vejo diferença em ter que carregar o aparelho 1 vez por mês ou uma vez a cada 2 meses. Em compensação da bateria menor o Kobo é coisa de 50g mais leve.

      Ambas as empresas (Amazon e Kobo books) tem planos de entrar no mercado brasileiro, então imagino que teremos boa oferta de livros em ambos os aparelhos.

      A interface do Kobo me parece bem mais amigável e bonita, mas pelo q conversei com amigos, ambas são bem funcionais.

      O Kindle touch tem saídas para fones e leitor de mp3, mas tenho minhas dúvidas quanto à utilidade disso, uma vez que não é o objetivo do gadget.

      Por fim, o que mais pesou em me decidir pelo Kobo é que esse lê uma gama maior de formatos (sem a necessidade da conversão pelo calibre), como por exemplo o .epub e o .cbz(para hq's), não suportados pelo Kindle.

      De qualquer forma, acho que os dois são excelentes gadgets, tenho certeza que não me arrependerei da compra.

      Excluir