quarta-feira, 23 de novembro de 2011

KidleCastBR 08 - Nossa história com os livros

Aumentar Letra Diminuir Letra




Nesta edição Paulo Carvalho, Maurem Kayna, Emanuel Maciel e Alex Bubel conversam sobre a importância dos livros na nossa vida, discutem a educação literária e citam obras marcantes.

Duração: 54:11











Comentados nos recadinhos:
Áudio-drama "Um Apólogo"

Comentado no programa:
Júlio Verne
Tolkien
Ganymendes josé
Marcos Rey
Dostoiévsky
Tchekhov
Kafka
Brecht
Shakespeare
Olavo Bilac
Fernando Pessoa
Carlos Drumond Andrade
Ferreira Gullar
Issac Asimov
Douglas Adams
C. S. Lewis
Guimarães Rosa
R. L. Stevenson
Dalai Lama
H. P. Lovecraft

Músicas tocadas nesta edição: 
Baixadas do Jamendo
Música - Artista
Insane - b-SHAKE
Shot in The Dark -  Semeneska

Baixadas do Internet Archive
Sinfonia Nº3 - Beethoven - Execussão: BBC

Assine nosso feed:
Receba o kindlecast diretamente no seu agregador de podcasts preferido.
Rss: http://feeds.podtrac.com/CwI261GDOmc$
Itunes: itpc://feeds.podtrac.com/CwI261GDOmc$

E-mail:
Mande suas dúvidas, mensagens, elogios, críticas e sugestões para
readercast@ebookbr.com


2 comentários:

  1. Parabéns!

    Já ouvi diversos podcasts literários, mas a maioria se limita a falar a respeito dos livros que estão na mídia e achei excelente a oportunidade de ouvir gente conversando sobre os grandes clássicos.

    Confesso que já tive preconceito com a literatura de entretenimento, ou parte dela, mas hoje minha visão mudou bastante e reconheço, não apenas a importância, mas também as possibilidades que ela oferece. Mas, ainda acho que alguns livros são realmente dispensáveis... Paciência.

    Li, há uma semana, o conto "A cor que veio do espaço" do Lovecraft e fiquei impressionado com a capacidade que ele tem de criar tensão. Em alguns momentos eu realmente senti medo, coisa que raramente me ocorre, mesmo assistindo a filmes de terror.

    Quanto aos clássicos não há muito o que falar. Eles estão nesta posição privilegiada não é à toa. Alguns, realmente, levam tempo até se acostumar com a escrita ou com o "universo" particular, mas quando se aprende a gostar é pra vida toda. É fácil encontrar alguém que tenha gostado de um ou outro autor em determinada fase da vida, mas é bem mais difícil encontrar quem já tenha gostado de Machado de Assis e não goste mais. É algo que transcende o momento.

    Por fim, tenho um Kindle Touch que comprei há duas semanas e estou bastante satisfeito, não só por poder ler livros, mas por baixar os feeds pelo Calibre e poder ler as notícias de maneira confortável. Foi uma aquisição que valeu a pena. Mesmo assim, uma semana atrás, encomendei três livros físicos pelo Submarino. Certos hábitos serão difíceis de serem mudados. Felizmente, para mim!

    Abraços e façam mais episódios dedicados aos clássicos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rob,

      Legal que gostou, sou muito fan do Lovecraft, dá medo mesmo! É um mestre da escrita, sabe usar todo o potencial da língua para expressar a estória, é pena que por preconceito seja considerado um autor menor, coisa que não é. Sim, alguns autores demandam tempo para acostumar, mas é por usarem todo o potencial da língua, vale o esforço. Eu estou atualmente preferindo tudo em ebook nos meus e-readers, mais prático com o mesmo sabor, e já tenho muito livro para tirar pó que acho que nunca vou me livrar, tenho uma ligação sentimental, mas os novos, são todos digitais.

      Abraço,
      Alex

      Excluir