quinta-feira, 20 de outubro de 2011

E-books: formatos, DRM e a vida de um e-leitor no Brasil

Aumentar Letra Diminuir Letra

Antes de desenvolver o tema desse post, que vem na carona do último podcast, vou elencar algumas premissas – pessoais e deste Blog:


  • não apoiamos qualquer tipo de pirataria, cópia ou distribuição ilegal de conteúdo;
  • queremos ver o livro eletrônico conquistando o merecido espaço no mercado brasileiro;
  • acreditamos que esclarecer dúvidas e curiosidades do e-leitor (potencial ou efetivo) pode ajudar no crescimento do número de leitores em geral, o que consideramos relevante para uma nação;
  • acreditamos e defendemos que autores, editores e vendedores de E-books devem ser remunerados para poder continuar a fazer ebooks de qualidade.

Isto posto, vamos ao nosso cenário. Você já deve ter pelo menos ouvido sobre DRM (Digital Rights Management) , que é uma proteção utilizada com a intenção de prevenir a pirataria, mas que, na prática restringe o que você pode fazer com seus e-books.
A imensa maioria das lojas que vende e-books no Brasil utiliza o DRM em seus arquivos. Isso significa que se você comprar um ebook em PDF ou ePUB e quiser ler num aparelho que não suporta estes formatos será impedido de fazer a conversão no Calibre.
Algumas lojas são transparentes e esclarecem seus compradores sobre qual o número de dispositivos em que o leitor poderá utilizar seu e-book e com quais dispositivos de leitura o arquivo vendido é compatível. Outras não. O fato é que isso pode restringir muito o potencial de leitura de e-books num país em que boa parte do público não lê outro idioma além do português, especialmente se considerarmos que o dispositivos de leitura mais popular, não comporta ePUB e que os títulos disponíveis na Amazon em nossa língua ainda deixam muito a desejar (mesmo sendo mais de 3 mil títulos) em termos de opções por gênero, edições e autores.
Os muitos aspectos do DRM renderiam um longo post exclusivamente sobre o tema, mas vou deixar isso para outro momento e gente mais enfronhada no tema. Vou falar aqui das alternativas que um leitor que está disposto a contemplar os e-books como uma alternativa válida para saciar sua gana de literatura ou saber pode ter para comprar em nossas lojas e ter assegurado o seu direito de ler o e-book no seu dispositivo de leitura preferido (ok... estou falando especificamente do Kindle).
Além desta alternativa já apresentada no blog, existe a possibilidade de associação de plug-ins no próprio calibre que permitem essa portabilidade. De novo, insisto que a ideia de trazer essa dica não pretende fomentar a cópia ou distribuição ilegal de nenhum e-book, mas prevenir a revolta (e a desistência de futuras compras) de um leitor com a compra de um e-book que, em geral custa na melhor das hipóteses) 30% mais barato que a versão impressa. Salientamos que os Ebooks submetidos à remoção do DRM ão devem ser enviados para servidores abertos, torrents, ou outros métodos de distribuição em massa. Não apoiamos e não ajudaremos nenhuma pessoa a executar tais ações.
Sigamos, então. Para quem quer ler seus e-books não comprados na Amazon (ou nas raras lojas que oferece o formato Mobi) no kindle, precisará do Calibre, mesmo que o arquivo não tenha DRM. Se tiver DRM, como já dissemos, o calibre sozinho não poderá atuar. Mas podem ser adicionados plug-ins ao calibre que viabilizarão a conversão. A forma de instalá-los eu aprendi no Alf’sBlog e traduzo aqui especialmente para usuários do MAC que tenham tido dificuldades com a instalação dos scripts já apresentados aqui. Então, seguem a receita.
1. Baixe e instale o mais recente calibre para seu sistema operacional.
2. Descarregue este pacote de ferramentas combinadas, e descompacte-o. (No Windows, basta clicar no botão direito do mouse e "Extrair tudo ..." No Mac, em geral a descompactação é automática)
3. Abra o calibre e clique em Preferências. Na caixa de diálogo que se abre, vá em Avançadas e “Extras” (o ícone é uma peça de quebra-cabeça)
4. Clique no botão "Load plugin from file"

5. Navegue até a pasta onde você salvou as ferramentas descompactadas no passo 2
6. Abra a subpasta "Calibre_Plugins"
7. Selecionar um dos arquivos zip na pasta
8. Clique em Add / Open (Adicionar abrir, conforme o sistema operacional / idioma)
9. Clique no botão "Sim" na caixa de diálogo de aviso que aparece. Uma caixa de diálogo de confirmação aparece que o plug-in foi instalado.
10. Repita os passos 4-9 para cada arquivo zip na pasta Calibre_Plugins (cinco no presente).
11. Pode ser necessário ativar os plug-ins (em alguns casos ele poderá ser ativado automaticamente). No caso dos Plugins para remoção de DRM do formato PDF e EPUB não foi preciso nenhuma configuração adicional. Para configurar a remoção de drm em outros tipos de arquivos / fontes, não posso testemunhar, mas o Alf’s Blog detalha várias possibilidades. Para ativar, procure o extra que acabou de “Load plugin from file” pesquisando o termo “deDRM”e clique em “Ativar / Desativar o Extra” para cada um dos plug-ins adicionados.


12. Agora clique no botão Aplicar / Apply e, em seguida, feche as preferências.
Agora você está pronto para remover o DRM de seu ebook, mas é importante notar que o processo só vai funcionar para novas importações para o calibre, ou seja, se você já importou um ebooks para a biblioteca do calibre, será necessário removê-lo e importá-lo novamente e então proceder a conversão de formato normalmente.


Escrito por Maurem Kayna

38 comentários:

  1. Um trocadilho infame : os e-leitores no Brasil não são importantes para os políticos ... :)

    ResponderExcluir
  2. Risos. Boa Essa, mesmo sendo triste. Risos

    ResponderExcluir
  3. um e-leitor não leva a um eleitor, mas....muitos e-leitores formam um eleitor...tão infame quanto mas a ideia nao é ruim.

    ResponderExcluir
  4. Edson Gonçalves, você conseguiu confundir a minha cabeça haha

    Parabéns ;)

    ResponderExcluir
  5. olá, eu tenho um leitor que aceita epub (Nook). Se eu comprar algum ebook da Amazon eu converto em epub facil no Calibre ou tambem ha alguma proteção?

    ResponderExcluir
  6. Antonio,
    os e-books da amazon, em formato azw, têm proteção sim. Parece haver formas de quebrar essa proteção também, mas nunca tentei (eu tenho um kindle, então não tenho essa necessidade). Mas uma dica: veja o www.kobobooks.com - são em formato epub e eventualmente mais baratos que a amazon. O kobo era o e-reader da Borders, mas não sei como anda essa ligação ...

    Maurem,
    parabéns pelo post! Sabe se esses plugins pro Calibre também existem para linux? Afinal, mac e linux atualmente são primos .. rs

    ResponderExcluir
  7. Sensacional.

    Muito interessante essa dica de conversão, pois eu vinha tendo dúvidas a respeito disso; tipo, eu comprei em algumas lojas que vendiam em PDF e EPUB sem a proteção DRM; daí, foi mole converter... mas com DRM... rs Dúvida sanada!

    ResponderExcluir
  8. Excelente notícia. Há um tempo atrás comprei um livro digital na Saraiva e fiquei muito decepcionado ao saber que não poderia utilizar o livro, em formato epub, nem mesmo no meu tablet android sem ter que instalar o leitor próprio da loja, o que achei um absurdo, já que tenho um leitor preferido muito melhor e mais funcional. O problema era justamente o DRM.

    Também tenho um Kindle e não tinha conseguido converter o livro para o formato MOBI pois o Calibre não permitia.

    Agora já sei como fazer.

    O pior de tudo do DRM é você comprar (pagar) e não poder utilizar o conteúdo como quiser, nem mesmo em proveito próprio.

    ResponderExcluir
  9. Maurem, este post foi demais!
    Muito obrigado mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Sérgio Veríssimo21 de outubro de 2011 15:54

    Fiz um teste com um livro gratuito que baixei da livraria Gato Sabido em formato ePub e deu certo. Já estou lendo no Kindle.!

    ResponderExcluir
  11. Ana, no Alf's blog, havia comentários sobre o Linux sim, mas fui bem focada em postar só o que havia testado. Confere aqui:http://apprenticealf.wordpress.com/2011/01/13/ebooks-formats-drm-and-you-—-a-guide-for-the-perplexed/

    ResponderExcluir
  12. Tenha uma dúvida que não sei se você pode responder: estou cometendo algum crime ao baixar a versão ebook de um livro físico que eu tenha?

    ResponderExcluir
  13. Rafael oficialmente sim, a não ser que o livro esteja em domínio público, fora que se for literatura estrangeira cada tradução é como se fosse um livro diferente.
    Mas acho que o principal problema vem do fato de você usar uma fonte não legal, que é o link de internet não autorizado pelos detentores dos direitos.

    ResponderExcluir
  14. XXXXXXXXXXXXX, this title is not available for you.

    Due to copyright restrictions, the Kindle title you're trying to purchase is not available in your country: Brazil.

    Did you recently move to a new country?

    You can easily update your country for your Amazon account.
    Estava tentando comprar um kindlebook e recebo a mensagem de que não posso comprá-lo http://www.amazon.com/Introduction-Java-Programming-Comprehensive-8th/dp/0132130807/ref=sr_1_5?s=books&ie=UTF8&qid=1319664630&sr=1-5 pois ele não esta autorizado em nosso país. Imagino que podemos criar um cadastro fake ou mesmo ter um amigo que more por lá. Daí configuramos um roteador wifi para realizar um proxy dessas free que seja residente nos EUA. Minha dúvida é se isto funciona, ou nem perda seu tempo e dinheiro. Antigamente era esta forma de burlar questões envolvendo não residentes, mas algumas como NBC(exibia Lost) e outros começaram a pegar as proxy free e já era. Sugestões? Sinceramente, por quê não posso adquirir um livro de programação JAVA! Isto é perfeitamente rídiculo.

    ResponderExcluir
  15. Hilhender, até onde eu sei não precisa de Proxy, basta colocar no cadastro um endereço americano. Mas creio que tenhamos um post sobre isso, que é mais detalhado sobre isso.
    A questão de não poder adquirir é que provavelmente a editora lá pretende vender (ou já vendeu) os direitos para uma editora aqui traduzir e publicar, logo não pode vendê-lo no Brasil. Se a editora aqui não publica em Kindle, isso não é culpa deles.

    ResponderExcluir
  16. Paulo,
    Mas não seria a mesma coisa que eu escanear o livro?

    ResponderExcluir
  17. Não porque não foi vc que escaneou, não é a cópia do seu livro, mas a do de quem escaneou.

    ResponderExcluir
  18. Rafael, se você pudesse provar ao autor que já tem o livro e está pegando uma cópia ilegal para facilitar o teu trabalho de cópia, TALVEZ ele te dê uma forcinha, mas obviamente a cópia pirata, na origem, é pirata, ou seja, você está pegando algo que não deveria existir por ser ilegal. Conclusão, se não existisse você não teria como pegá-lo.

    É uma situação que parece bizarra, mas não é, tem lógica.

    ResponderExcluir
  19. talvez seja algo já respondido aqui pelo blog, mas alguém pode me dizer se existe alguma forma de formatar apropriadamente um livro convertido de pdf pra mobi? comprei um livro na cultura, desbloqueei e converti, mas a formatação sumiu totalmente... :/

    ResponderExcluir
  20. Oi natália, converções de pdf para mobi em geral não ficam boas, o que você pode fazer que minimiza a má formatação da conversão é mandar o texto ficar justificado após a conversão costuma dar uma melhorada.

    ResponderExcluir
  21. Comprei um eBook na Livraria Cultura, mas não há a possibilidade de baixar o arquivo do eBook direto pro PC, tenho que baixar direto no Adobe Digital Editions, ou seja, não tenho como ter o arquivo para quebrar o DRM e consequentemente transformá-lo em mobi para transferi-lo para meu Kindle.

    Será que alguém pode me ajudar, já que essa parte ficou nebulosa nesse tutorial?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando, só hoje vi o teu comentário. Vc precisa do ADE, do contrário não consegue baixar o ePub para, então, proceder com esse tutorial. Qualquer coisa, pode fazer contato by mail: maurem.kayna@ebookbr.com

      abraço!

      Excluir
    2. Desculpa se respondo errado, mas já procurou no disco C na pasta do adobe?

      Comprei no Gato Sabido e estava lá.

      Excluir
  22. Fiquei interessada em comprar um e-reader que não aceita DRM e nem tem wi-fi, mas ele aceita formatos ePub e PDF, eu poderia colocar nele os e-books que eu já tenho no pc e ler tranquilamente? Valeria a pena? Seria o Iriver Story.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa,

      Só se este iriver custar no máximo R$200,00, caso contrário não vale a pena, tem e-reader melhor e mais barato saindo. Você vai usar o Calibre para colocar os livros no iriver.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
    2. Achei por R$ 359,00 na net, com frete grátis e pagamento digital, o que gostei nele foi a possibilidade de ler muitos formatos e ter preço bom. Que modelos seriam esses saindo? To querendo comprar um até o Natal, mas os preços altos dos melhores estão me assustando e como a Amazon remarcou a vinda ao Brasil só para o ano que vem, tá puxado...

      Excluir
    3. Vanessa,

      A cultura anunciou que começaria a vender este modelo em novembro agora:
      http://www.kobobooks.com/touch

      Disseram que o preço seria competitivo, nos EUA custa U$80, mesmo com imposto, pode sair mais barato que este i river.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
  23. Vanessa,

    Novembro já está aí, eu esperaria para ver a que preço a Cultura vai vender o Kobo, mesmo com imposto ele deve custar isso ou menos, pois é vendido nos EUA por U$80,00 nas lojas. Além disso, vai pegar um ereader duas gerações mais novo, não esqueça que a bateria dura um tempo limitado, se este iriver já foi fabricado a um tempo, a bateria sem uso perdeu muito da capacidade.

    Abraço,
    Alex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Vou ficar de olho na Cultura e torcer que cobrem um preço justo. Como os impostos no Brasil são abusivos, acredito que o preço será maior, mas vou aguardar até o fim do ano e já vou pesquisando o Kobo.
      Muuito obrigada pelas dicas, Alex!

      Excluir
  24. Estou tentando tirar o DRM dos ebooks do kindle/azw.
    Já fiz o passo a passo várias vezes e não tenho noção porque não funciona. Já li em inglês, espanhol e português e nada mudou e não funciona comigo.
    Baixei o calibre recente; o kindle para pc é recente. Baixei os plugins e fiz certinho. Vi no video, li os tutoriais, mas quando tento não dá certo.

    Com o seu tentei no arquivo do gato sabido e não funcionou também. Não sei o que fazer mais.

    ResponderExcluir
  25. Essa forma de adicionar plugins no calibre não funcionou comigo.

    Vi em outro blog uma indicação desse programa e testei, nem acreditei que funcionou. Assim que instala ele já acha o epub protegido e ele mesmo preenche o input e output, basta clicar no botão unDRM directory e depois ir na pasta Decrypt Output, que foi criada dos meus documentos.

    http://www.ebook-converter.com/pdf-epub-drm-removal.htm

    É Trial, mas funcionou no epub do gato sabido.

    Não estou fazendo propaganda, mas funcionou realmente.


    Ana

    ResponderExcluir
  26. Alguém sabe dizer se é possível retirar a drm dos livros da Amazon e depois convertê-los em epub para ler no KOBO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celso,

      Possível sempre é, mas a maioria dos métodos na internet não funciona, tem uns pagos que dizem que fazem, mas também não sei se funcionam.

      Abraço,
      Alex

      Excluir
  27. Por gentileza,

    Uso o linux, instalei o Calibre e os plugins, mas não converte com DRM; alguma ideia? obrigado

    ResponderExcluir
  28. Obrigada mesmo pelo tutorial!! estava precisando!

    ResponderExcluir
  29. Fiz todos os passos, removi e adicionei de novo o .pdf que comprei da Saraiva, mas mesmo assim não consegui fazer a conversão. Poderia me ajudar? Obrigada!

    ResponderExcluir
  30. Também não conseguir fazer com e-book comprado na Saraiva (PDF)...

    ResponderExcluir