segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Primeiro uma idéia... agora, mais de 400 mil acessos

Aumentar Letra Diminuir Letra

Passamos a marca dos 400 mil acessos...


Foi com muita alegria que, depois de uns dias fora do país - e confesso, sem acessar o Kindle Blog Brasil (KBB) - entro e vejo que ultrapassamos  400 mil acessos contabilizados.  Realmente sei que isso não representa a total realidade, pois muita gente acaba por acessar via RSS ou ainda vai lá no PaperBlog para ver o que foi publicado e estes acessos não entram neste total; mas, como temos que ter algum balizador do sucesso do Blog, este é o mais  "oficial".

Fico muito feliz em ver que, apesar de não estarmos hoje no nosso "pico de audiência" que já chegou a quase 4000 acessos / dia, temos em 12/09/2011 : 
  • 267 seguidores fiéis,  
  • 504 posts publicans,
  • 1912 comentários, 
  • 17 colaboradores; apesar da maioria estar meio "dormente" - puxão de orelha :)  ,
  • 2 administradores : eu e o Emmanuel (que detém a posição de maior número de posts publicados e que esta semana vai se casar  - parabéns) 
  • presença no PaperBlog, no Twitter (ainda bem embrionária)
E, o melhor de tudo é lembrar que a quase dois anos atrás, estava eu encantado com meu Kindle 2 e querendo dizer isso ao mundo, além de buscar outras pessoas que também tivessem este equipamento ainda tão desconhecido em nosso país e resolvi me aventurar em algo que nunca tinha feito : publicar um Blog. 

Até os 100 posts, fiquei solitário na publicação, apesar de ver que existia muita gente (de qualidade) com interesse no tema. Deixei o egoísmo de lado e convidei quem quisesse se juntar a mim nesta empreitada lenta mas gratificante. Vários se tornaram colaboradores; alguns ficaram pelo caminho; outros se mostraram imprescindíveis e assim estamos levando nosso querido KBB dia-a-dia.  

Ainda somos um Blog na sua infância : se a qualidade dos posts (segundo os comentários que recebemos)  é muito boa, em temas como publicidade e patrocínios, design da página, áreas diferentes, promoções, testes, sorteios, etc.  ainda estamos engatinhando. Talvez com a chegada da Amazon no Brasil, tenhamos mais olhos para nós e consigamos dar uma arrancada rumo a profissionalização; hoje é só pela dedicação espontânea deste grupo de pessoas que querem trocar experiências e conhecimento, que vamos em frente. 

Tivemos momentos de glória (aparecer na TV Brasil falando do Kindle) e de desespero (ficar uma semana fora do ar por problemas técnicos), mas a somatória deste tempo é gratificante. 

Em poucos dias / semanas, estaremos com uma grande novidade, graças a dedicação, imaginação e garra de todos que aqui escrevem e, espero de coração que alcance rápido o êxito. Não posso ainda dizer o que é, mas garanto que vale a pena esperar. 

Quando olho a criatividade e participação ativa de alguns dos novos colaboradores,  fico até pensando que está próxima a hora de me aposentar do KBB e deixá-lo caminhar por mãos mais jovens, afinal hoje eu mais leio que ajudo....  Só que da mesma forma que um pai que gera e cria sua prole sabendo que em algum momento ela se vai de casa, constitui nova família e assim caminha a vida, você não deixa de amá-los e querer sempre estar próximo, sabendo de tudo, olhando seus êxitos e orgulhoso de ter seu DNA (e, por vezes, seu sobrenome) ali junto.  Talvez seja por esta sensação, somada a um tanto de "narcisismo" que me fazem continuar e manter ai ao lado uma charge com o título de "fundador", apesar de isto já não ter relevância alguma no atual KBB e em certos momentos e eu achar desrespeitoso aos que realmente levam e merecem seus nomes aqui. 

Continuem sempre nos apoiando, sugerindo, criticando, divulgando e, tenho certeza, que todos aqui envolvidos ficarão muito felizes em ver este medidor de acessos chegar aos 500, 600, 700 mil ou quem sabe alguns milhões de acessos. 

Grande abraço e obrigado a todos. 

2 comentários:

  1. Alegria é ter entrado para essa turma, o que começou por puro interesse - cheguei aqui como e-leitora querendo desvendar os problemas gerados pelo DRM das nossas livrarias nacionais - e acabei sendo muito bem recebida!

    ResponderExcluir