domingo, 11 de setembro de 2011

10 formas de usar seu Kindle para mais que leitura

Aumentar Letra Diminuir Letra


O site Simply Zesty publicou uma lista de 10 formas de usar o Kindle para mais do que ler. Reproduzo aqui, resumidamente, as maneiras que o site citou, mas peço que cliquem no link acima e visitem o site original também, há um pouco mais de informação e sempre é interessante, apesar da informação creditada, que vocês visitem e mostrem o apoio também ao site original.

Quem já tem um Kindle, provavelmente já sabe de algumas dessas funções, talvez não todas, mas ainda assim, é interessante fazer uma lista completa para quem quer comprar ou quem ainda não conhece todas funções.

1 - Jogos

Dois jogos são "easter eggs", jogos escondidos, no aparelho, como inclusive já comentamos aqui no KBB. Apertando Shift+Alt+M, você joga Campo Minado e, dentro dele, apertando G, você joga um jogo de x e o's chamado GoMoKu. Você pode ver explicações detalhadas no post que já fizemos clicando aqui.

Há, também, vários jogos na Kindle Store que, na sua maioria, podem ser comprados apenas do EUA (e inclusive alguns gratuitos), mas publicamos uma matéria sobre a troca de endereço e utilização da Kindle Store como americanos aqui.

O site Simply Zesty cita dois jogos, Blossom (você tem de montar um labirinto de canos para molhar suas flores) e Hidden Expedition (você tem de encontrar objetos perdidos em uma tela) que são jogos simples, até devido à limitação da tela do Kindle, mas que podem auxiliar a mente cansada de ler a passar o tempo por uns minutos. Um dos meus jogos favoritos é MahJong e vejo que o Kindle tem MahJong, o que me deixa muito mais empolgada para comprá-lo.



2 - Ler Quadrinhos e Mangás

O Kindle tem o visualizador de imagens, o que já ajuda para ler muitos quadrinhos (eu li alguns mangás em jpg e é bem complicado de ler no pc, mas no Kindle parece uqe seria bem mais fácil), mas também há o aplicativo Mangle, sobre o qual já falamos aqui no KBB. Muitos quadrinhos e mangás são publicados em preto e branco, então, para quê vamos querer algo pesado como um tablet, por exemplo, ou um celular com tela pequena se podemos usar o Kindle para ler os quadrinhos e mangás com perfeição?

Imagem do site Simply Zesty

3 - Bloco de Anotações

Novamente, se está nos EUA (ou usando um endereço americano), há um aplicativo chamado Notepad que permite que se faça anotações, ideias, listas, etc. Todos arquivos são salvos como .txt, então facilmente acessíveis em outros aparelhos e também há uma função de busca para quem tem muitas notas diferentes, além de ter a função copiar+colar, que faltava em muitos aplicativo (inclusive no próprio "todo poderoso"  iPhone por algumas versões).


4 - Visualizador de imagens

Claro, preto e branco, mas pode-se ver imagens. Acesse a memória do Kindle através de qualquer computador e crie uma pasta chamada "pictures", com arquivos .jpg, .gif ou .png. Quando ligar seu Kindle, aperte alt+z e ele criará um e-book com suas imagens, porém não é recomendado que se coloque imagens com resolução acima de 800x600.

5 - Apresentações e Cartões para Lembrança

Já que pode-se salvar arquivos pdf e .doc no seu Kindle (com as devidas conversões), você pode manter suas anotações e acompanhar a apresentação enquanto fala.
Da mesma forma, se quer aprender algo ou estudar sem carregar várias anotações e cartões de memória (no sentido de cartões em papel que ajudam a lembrar), você pode salvar esses cartões no Kindle. Fazer anotações dessa forma é um costume mais americano e não muito utilizado no método de ensino brasileiro, mas é muito útil para quem está familiarizado. Um site que pode ajudar com essa ideia é o FlashCardExchange, que permite que você crie os seus cartões ou baixe outros já existentes.

6 - Navegação

Apesar dele não ter função GPS, como os smartphones, você ainda pode usar o Google Maps (maps.google.com/m/directions) para achar seu caminho através do texto, digitando onde está e onde quer chegar que o Google irá lhe dizer como chegar lá.

Imagem retirada do Simply Zesty

7 e 8 - MP3 player e Leitor Text-To-Speech

Na parte de baixo do Kindle há um soquete de fone de ouvido. Assim como no visualizador de imagens, só coloque arquivos de som no Kindle e pode ouvir música enquanto lê seu livro favorito.
Você pode, também, pedir que o Kindle leia seu livro favorito para você - text-to-speech. Porém apenas recomendamos fazer isso com livros em inglês (e inglês moderno, nada de Shakespeare) , o sotaque do aparelhinho lendo em português é de matar alguém de rir. 

9 - Tradutor

Apesar de você poder acessar o Google Tradutor, o site Simply Zesty recomenda o KindleFish, um tradutor melhor - mais simples e rápido de usar.
Tentei acessar o tal Kindlefish no momento em que escrevia esse post, mas está fora do ar. Não sei dizer se é temporário ou não, vamos continuar tentando e atualizar esse post quando descobrir.

10 - Ditado / Gravação de voz

O Kindle 3 tem um microfone na base do aparelho que, na verdade, não tem nenhuma utilidade nativa, no momento. No entanto, há uma forma de "hackear" o aparelho, transformando-o em um gravador, você pode ver como fazê-lo nesse fórum aqui (caso não vá direto para o post, faça uma busca por "Kindle Dictaphone"), com as instruções em inglês.


12 comentários:

  1. Saiu uma matéria interessante sobre os livros convencionais e os e-readers, quem tem e-reader compra e lê mais. http://miud.in/VZy

    ResponderExcluir
  2. Olá "Anônimo".
    Na verdade, acho que está invertido nesse caso... Quem compra e lê muito é quem quer/compra um e-reader.
    Quem não compra/lê muito (ou seja, lê pouco), não compra um e-reader...
    Causa e consequência estão invertidas.

    ResponderExcluir
  3. Olá "May"
    Acho que você é quem não o entendeu.
    Meu amigo lia muito pouco (2 ou 3 livros por ano), depois de comprar um Kindle, ele passou a ler e comprar muito mais (hoje, cerca de 10 ou 12 livros por ano). Ou seja, depois do e-reader ele passou a ler muito mais. Antes, não curtia a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Oi Du!
    Espero que não ache que eu estava sendo irônica com as aspas - apenas tenho certeza que o nome da pessoa não é "Anônimo" ;)
    Me referia, na verdade, à pesquisa que ele listou, que mostra apenas o número de livros lidos por pessoa que tem e que não tem um e-reader. Claro que quem tem um e-reader pode ler mais por ter livros mais baratos, livros grátis, mais facilidade de ler/comprar/carregar os livros.
    Mas com certeza quem compra um e-reader tem uma maior tendência de ler, bem maior que quem não compra :)

    ResponderExcluir
  5. Ih, não sabia que era a May que escrevia aqui no blog do Kindle também. É a mesma do Sobre Livros, certo?

    ResponderExcluir
  6. Concordo que há um pouco de inversão lógica sim. Mas o oposto também acontece. Com um e-reader barato, ou tablet, muita gente irá comprar um livro ou outro pela novidade, por ser barato também. Isso fará com que muitos leiam mais na empolgação e essa empolgação leve ao hábito de leitura.

    Eu mesmo já comecei a ler mais tipos de livros depois de comprar um kindle. Já lia muita literatura, mas com o kindle comecei a ler livros técnicos de outras matérias e assuntos que me interessavam, mas que eram caros. Agora já leio esse tipo de livro, e talvez venha a comprar livros físicos desse tipo também. Ou seja, acabei ampliando meu espectro de leitura ainda mais (que antes era mais fechado em teoria de comunicação, literatura e filosofia).

    ResponderExcluir
  7. Oi Leonardo!
    Mesma May, sim, mas não estou mais no Sobre Livros ;)
    Concordo. Na verdade só quis colocar que causa e efeito, nesse caso, são meio borrados. Não é só você dar um e-reader para alguém que não tem e essa pessoa sairá lendo enlouquecidamente. Ela tem de ter uma propensão a isso - e se tiver, talvez já conheça/queira o tal e-reader :)

    ResponderExcluir
  8. Sim, claro.

    Mas ainda assim rola também de muita gente comprar o e-reader por ser novidade e não ser caro (nos EUA) e acabar pegando, por causa da moda, o hábito de leitura. Agora, claro, a superioridade na estatística se dá mais pelo fato de quem tem vontade de comprar um e-reader, na maioria das vezes, tem essa vontade por gostar muito de ler.

    ResponderExcluir
  9. Não consegui acessar o kindlefish, apareceu na tela q o browser não podia acessar o site. Alguém mais teve o mesmo problema?

    ResponderExcluir
  10. Olá Preta!
    Sim, quando fiz o post tive esse problema, mas no momento (agora) consegui acessar em http://kindlefish.t15.org/
    Não sei bem, mas ele parece passar por grandes períodos de instabilidade...

    ResponderExcluir
  11. olá! muito interessante esse post! não sabia que dava pra fazer tantas coisas no kindle... só fiquei com uma dúvida: onde fica o alt do kindle paperwhite? obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O post é para o antigo K3, vários features não estão presentes no paperwhite.

      Alex

      Excluir