terça-feira, 30 de agosto de 2011

História dos livros eletrônicos

Aumentar Letra Diminuir Letra

Aqui vai um resumão de como os livros eletrônicos evoluíram de 1971 até hoje. Sim, eles já são quarentões ;-)



1971: Michael S. Hart lança o Projeto Gutenberg e digitaliza a Proclamação da Independência dos Estados Unidos, que se torna o primeiro livro eletrônico do mundo. Até 2011, 33 mil livros já foram digitalizados e oferecidos gratuitamente pelo Gutenberg.


1985: É fundada a Voyager Company, pioneira na produção de CD-ROMs. Entre os trabalhos publicados estão "livros ampliados", incluindo Parque dos dinossauros, de Michael Crichton e Virtual Light, de William Gibson.


1993: Digital Book, Inc. oferece os primeiros 50 livros digitais em um disquete, no formato DBF (Digital Book Format). Os textos indicados ao Prêmio Hugo de "Melhor Romance" são publicados em CD-ROM por Brad Templeton.




1998: São lançados os primeiros leitores de livros eletrônicos, Rocket Ebook e Softbook. Kim Blagg obtém o primeiro ISBN para um livro eletrônico e começa a promover livros eletrônicos com material multimídia em CDs.


2000: Stephen King oferece seu conto Montado na Bala em um arquivo digital que só pode ser lido no computador. Durante as primeiras 24 horas, leitores fazem o download de mais de 400 mil cópias.


2002: Random House e HarperCollins começam a vender versões digitais das suas publicações. Em 2002, a venda de livros eletrônicos nos EUA chegou a 2,1 milhões de cópias.


2005: É lançado o site Bookboon.com, que permite que usuários façam o download gratuito de livros didáticos e guias de turismo. Hoje o catálog inclui também livros sobre administração de empresas.




2007: Amazon lança o Kindle nos EUA, com mais de 90 mil livros disponíveis na Loja Kindle, incluindo os títulos da lista de mais vendidos segundo o New York Times. O preço do Kindle 1 em 19 de novembro de 2007 era de US$ 399.


2008: É lançada oficialmente a Europeana, uma coleção de bibliotecas digitais europeias contendo livros, pinturas e filmes.


2009: Amazon lança a versão internacional do Kindle 2, que é enviado para 169 países em todo o mundo. O preço do Kindle 2 em 23 de fevereiro de 2009 era de US$ 359. Além disso, a Barnes & Noble lança o Nook nos EUA.


2010: A Apple lança o iPad com iBooks vendidos pela iBookstore. A Google eBookstore é aberta com 3 milhões de títulos disponíveis. A Amazon divulga que, pela primeira vez na história, o número de livros eletrônicos vendidos ultrapassou as vendas de livros impressos. O mercado global de livros eletrônicos cresce em 200%, chegando a US$ 900 milhões. O preço do Kindle 3 em 27 de agosto de 2010 era de US$ 139.


Para ver as fontes de informação e o infográfico original, clique aqui.

4 comentários:

  1. Rafa,

    Excelente postagem. Bem informativo.KBBpédia. :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Emanuel! Quando digo que estou me "especializando" em infográficos, realmente não estou brincando! :-)

    ResponderExcluir
  3. Onde eu compro um Klinder ou qualquer outro e-book estou procurando, mas eu não encontro a venda no Brasil, não sei onde procurar, alguém tem alguma dica? um site? Procurei no site da Amazon, mas só achei para vender nos EUA (o site estava em inglês) e os preços em dólar...Se alguém souber qualquer coisa que possa me ajuda, sinta-se a vontade para me responder. Abraços e belo post.

    ResponderExcluir
  4. Eduardo acompanhe nosso blog, porque acabamos de inaugurar uma sessão de classificados, onde nossos leitores poderão fazer negócios entre si.

    ResponderExcluir