sexta-feira, 15 de julho de 2011

Autopublicação é uma boa opção?

Aumentar Letra Diminuir Letra

A autopublicação de livros digitais parece ser a nova tendência do mercado editorial, tal como vimos J. K. Rowling com seu http://www.pottermore.com/ e o êxito de Jhon Locke com suas vendas na Amazon.
As vantagens deste modelo parecem óbvias já que com isso se estabelece uma relação direta escritor-leitor, e possivelmente logo veremos o efeito disto nas grandes editoras.
A grande questão que nos fazemos a partir disto é se este modelo pode ser interessante para os novos autores.
A princípio a ideia parece perfeita, gastos quase ou totalmente zero, além de em alguns casos a possibilidade de impressão e entrega do livro em seu formato físico. O problema começa quando a facilidade se torna desculpa para má qualidade, não me refiro à qualidade literária dos textos, mas a algo mais prático, muitas vezes o livro vem com erros ortográficos, mau diagramado e com arte de capa sofrível.
Com isto em mente é preciso que o autor independente tenha o profissionalismo como profissão de fé e se ele não for capaz de fazer um bom trabalho sozinho que ao menos contrate um profissional apto.
Isso não se trata de frescura, é bom ter em mente que um produto bem apresentado valoriza o conteúdo da obra, meio é mensagem!
Quem ainda pensa em se autopublicar pode usar as seguintes opções:

Amazon - Que já foi explicado e discutido neste blog.

Lulu.com - Este talvez seja o maior site de autopublicação mundial, os livros ficam com preços ótimos, tem livros em português nos formatos digital e impresso, mas é necessário ter cartão de crédito internacional.

Clube dos Autores - Um site de autopublicação nacional com grande quantidade de autores e livros, tem formato digital e impresso, mas os livros ainda tem preços bastantes salgados.

Bookess - Outro site nacional, também tem opção de livro impresso e digital, e tem dois diferenciais, o livro fica disponível para leitura on-line e há uma estrutura de rede social que visa criar uma inter-relação entre os autores, o ruim aqui também fica por conta do preço.

Esta podem ser opções bem interessantes se o autor souber utilizar, eu mesmo publiquei no bookess ( http://www.bookess.com/read/8852-contos-da-borda-do-rio/ ).

Como última observação pessoal, eu recomendo que os novos autores não apenas vendam seus livros, mas também os distribuam gratuitamente. Pensem bem, vocês como ilustres desconhecidos a princípio não gerariam muito interesse dos leitores, ainda mais sem o apoio comercial e de publicidade que uma editora dispõem, portanto existem mais chances de alguém ler seu livro se você não cobrar por isso, depois com o seu possível sucesso como autor você capitaliza o livro de outras formas, estamos em um momento de transição onde a cultura digital pede para pensarmos em outras formas de negócios e quem ficar de fora pode ser deixado para trás.

Obs: quem tiver interesse pode baixar o pdf do meu livro aqui.

5 comentários:

  1. Erros ortográficos igual a esse post ?

    ResponderExcluir
  2. Paulo, gostaria de responder a pesquisa que estou fazendo?
    https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dEFkbXdHbTROWk5Yb3lDNXNSQkloakE6MQ

    Bem, acho que como tudo na vida a auto publicação tem prós e contras e foi querendo discuti-los com outros autores que montei esse formulário. Abraço

    ResponderExcluir
  3. No caso da Lulu.com, como é feita a entrega dos livros? Precisa pagar algum imposto alfandegário?

    ResponderExcluir
  4. Alfandêga acho que só acima de 50 dólares, mas não sei dizer como é processo.

    ResponderExcluir
  5. Aqui vai uma dica …No Brasil, além desses citados há também a PerSe (www.perse.com.br) que tem as mesmas características que os demais só que com algumas vantagens:

    1)Tem mais opções de acabamento, formatos e papeis.
    2)Tem muito mais opções de serviços que auxiliam os Autores na publicação e divulgação de suas Obras.
    3)Tem menores custos de produção e maior transparência na formação de preços.
    4)Foi o primeiro a publicar e comercializar eBooks.
    5)O autor pode comercializar seus eBooks através de outros parceiros, em nível mundial, aumentando a possibilidade de venda.
    6)Estará participando da Flipoços e da Bienal do Livro de São Paulo.

    Acho que vale a pena dar uma olhada e comparar .

    ResponderExcluir