terça-feira, 3 de maio de 2011

O futuro dos e-books por Mike Matas

Aumentar Letra Diminuir Letra

Até  pouco tempo eu desconhecia o nome Mike Matas, mas foi com lançamento do iPad ano passado (parece que faz tanto tempo!) e com a fundação da Push Pop Press (PPP) foi que eu vim conhecer a genialidade desse rapaz.

Um resumo do que ele representa e o porque estou falando nele.

Mike é um designer e trabalhou na Apple desenvolvendo interfaces para iPhone e iPads, Mac O X, co-fundou a Delicious Monster que criou a Delicious Library, um aplicativo catálogo de mídias.

Deixou a Apple (2008) e fundou a editora PPP, para trabalhar exclusivamente com livros digitais.

Então, eles desenvolveram uma forma nova de ler, na qual o leitor interage com as informações de forma intuitiva, ao passo que é inundado por informações de vídeo, som, imagem.

O primeiro livro lançado foi o Our Choice, do nobelista Al Gore.

Não vou falar mais sobre o que pode ser o futuro dos livros eletrônicos. Vejam por si mesmos.




Al Gore's Our Choice from Push Pop Press on Vimeo.

3 comentários:

  1. Sinceramente isso me parece mais uma revista eletrônica do que um livro eletrônico. Mas não chamaria tanta atenção dizer que estão preparando o substituto das revistas. A expressão "substituto dos livros" dá mais Ibope.

    ResponderExcluir
  2. olá Fernando,

    Obrigado por seu comentário.

    Devo concordar com você, a primeira, parece-se com a National Geographic para iPad e Nook Color. A diferença está na proporção de texto/imagens.

    Em our Choice há muito texto corrido, as imagens são complementares.

    Quisera eu, na minha época de escola, essa tecnologia já estivesse em funcionamento quando eu lia a enciclopédia Barsa.

    Veja mais na resenha que eu fiz hoje.

    Abraço,

    ResponderExcluir