sábado, 21 de maio de 2011

Agora ninguém mais segura o Kindle...

Aumentar Letra Diminuir Letra


Começou como um boato, mas as novas reportagens sobre o tema tem mostrado que é cada vez mais realidade a chegada da Amazon no Brasil em finais de 2011 ou início de 2012. 

É uma novidade muito boa no mercado de comércio eletrônico, pois vai colocar um gigante na concorrência hoje já acirrada entre vários players como Submarino, Americanas, Ponto Frio, Fnac, etc.

Agora o mais importante mesmo é que a Amazon, com certeza vai passar a vender os Kindle em terras tupiniquins e, principalmente, ofertar conteúdo para o seu e-reader em idioma local. 

Segundo artigo que saiu ontem no site da Veja (http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/amazon-mira-mercado-de-e-commerce-brasileiro), a empresa já está sondando as grandes editoras locais para converter em massa seus títulos nacionais para o formato eletrônico do Kindle.  A própria editora Record, uma das contactadas pela Amazon, confirma as negociações no artigo. 

Finalmente deixaremos de ser utilizadores de Calibre para ter livros oficialmente vendidos já no formato do Kindle, sem necessidade de nenhuma conversão.  

Lembro ainda, que outro boato que tem circulado é que a Amazon vai abrir o Kindle para ler livros em formato ePub.  Aí sim, seria a glória, pois passaríamos a ter o melhor dos dois mundos no melhor do e-readers. 

E esperar (e rezar) para ver. 

Quem sabe com esta vinda da Amazon para o Brasil não sobra um espaço para o Kindle Blog Brasil, que foi o primeiro e sempre acreditou no Kindle, ganhar uma parceria com eles ..........

4 comentários:

  1. Essa semana um amigo trouxe pra mim um Kindle 3 dos EUA por exatos $123,00 (com taxas). Muito massa a tecnologia, não tem quem não diga que tá lendo em papel.
    Agora uma coisa me chamou a atenção. Não sei se todos os Kindles já tinham, mas atrás do meu tem alguns símbolos de empresas e, entre eles, o da ANATEL. Isso pode confirmar os boatos, talvez.
    O que acham?

    ResponderExcluir
  2. Dirceu,
    Seja bem vindo a família Kindle.

    De fato, desde da segunda geração do Kindle há um selo da ANATEL que representa o aval da instituição para funcionamento de aparelhos que usem a rede de telefonia móvel, ou mesmo Wifi.

    Dessa forma, não acredito que seja uma evidência da vida da Amazon. Mas, bem que poderia ser! :)

    Disseram que ano passado foi o ano dos tablets, bem, esse ano, tem sido mais emocionante ainda! :)

    ResponderExcluir
  3. Como a Amazon vende oficialmente para o Brasil, seu produto tem que passar pelo crivo da ANATEL, nenhum produto que use telecomunicação (radio, tv, internet), pode ser vendido oficialmente no país sem permissão da ANATEL!!

    ResponderExcluir
  4. Também estou no aguardo da confirmação dessa notícia.
    Comprei recentemente um Kindle e acho que perdi muito tempo na minha vida antes de ter um, não consigo mais me imaginar sem ele.
    Não sei se pode interessar a algum novato como eu, mas aqui tem um passo a passo de como comprar e usar o Kindle com respostas a várias dúvidas de iniciante: http://demarcelaparaana.com/?s=kindle
    Abs!

    ResponderExcluir