terça-feira, 19 de abril de 2011

O que está por trás da Taxa de importação cobrado pela Amazon

Aumentar Letra Diminuir Letra

Recentemente tive um problema com importação do Kindle para uma amiga (veja aqui) pela Amazon, mas tudo foi solucionado e ela hoje deve estar se deleitando com seu novo aparelho.

Com essa problemática, parei  para analisar porque a Amazon nos cobra 91% (Import Fees Deposit) a mais para enviar o Kindle para o Brasil.

Um Kindle custa U$139,00, mais o valor do envio de U$20,98, teremos o valor base de US$159,98. É apartir desse valor que o imposto de importação no nosso país incide, sendo de 60%, o que gera o total de US$ 255,97, acréscimo de US$95,99.

Porém, há mais um imposto a pagar, ICMS, a fatia que cabe ao estado do destinatário.

O valor desse imposto varia de estado para estado, como exemplo vou citar o  Ceará que institui o ICMS em 17% .

Então, basta aumentar 17% do valor base (Kindle + envio) que fechamos o total arrecadado?

Não é bem assim.

Na verdade, e no caso do Ceará, baseado no Art 17 do Decreto Estadual 30.372/10, o ICMS para importações é calculado pela soma das seguintes parcelas:

  • valor da mercadoria 
  • valor do Imposto de Importação (II)
  • valor do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI)
  • valor do IOF
  • valor de quaisquer  outros impostos, taxas, contribuições e despesas aduaneiras
  • valor do próprio ICMS (para mim o mais absurdo dos absurdos)
Apesar de não ter ficado claro os reais valores cobrados, no meu caso, o ICMS gerou o tributo de US$52,42.

Logo, o total cobrado foi de US$148,40 (US$95,98 (II) + US$52,42 (ICMS)).
Somando-se a esse valor a taxa administrativa de US$1,07, temos US$149,47.


Então o saldo fica: US$152,17 -US$149,47 = US$2,70, que pode ser revertido para a primeira compra dessas obras na Amazon.

Ou ao solicitar a restituição, esse valor amortiza o débito de IOF na fatura do cartão de crédito, que no meu caso foi de US$7,43 (não avisem a minha operadora, mas ela ainda está cobrando IOF de 2,38%, ao invés de 6,38%).

RESUMO
Cobrança Amazon
Kindle                 $139,00
Envio                  $  20,98
Import Fees(IF)   $152,17 (+)
Total(1)                $312,15
                                        
Taxas reais
Taxa admin.        $  1,07
Imposto Imp       $95,98
ICMS                 $52,42 (+)
Total(2)               $149,47 - $152,17(IF) =  $-2,70 Diferença importação(DI)

 Total(1)+DI ($-2,70)+IOF($7,43)=$317,11 (VALOR FINAL DO KINDLE)

21 comentários:

  1. Eu tinha falado pra um amigo meu que não era só UMA TAXA de importação, o tal 60%, que insidia sobre a taxa cobrada pela amazon e ele não acreditou, bom saber os nomes dos bois!!

    ResponderExcluir
  2. Realmente é uma tristeza, na Amazon só dá pra comprar livros.

    Eu recomendo comprar o Kindle no eBay. Eu comprei o meu, novo, por U$159, um pouco mais caro que na Amazon, mas chegou sem taxas e com frete muito mais barato!

    ResponderExcluir
  3. Miguel,

    E ainda veio com carregador de parede?

    Douglas,

    Na verdade a taxa de importação de 60% é sempre a mesma, o que muda na história são os companheiros dela: IPI,IOF, ICMS. Oh, turminha do mal!! :)

    ResponderExcluir
  4. Emanuel o que meu amigo quis dizer é que a taxa era só a de 60%, mais nenhuma.

    ResponderExcluir
  5. Realmente um absurdo, o caminho mais facil e trazer quando está viajando ou pedir para algum amigo trazer, ou ainda apelar p/ o eBay mas pagar mais caro que o aparelho só em impostos é uma sacanagem, sem tamanho!

    ResponderExcluir
  6. É verdade. Tem que ter muito sangue frio para clicar no botão final e comprar pelo site para entregar no Brasil.

    Eu mesmo fiz isso várias vezes. Toda vez que recebia o email da Amazon falado do kindle eu ia lá, passava pelo processo de compra mas nunca dava o click final.
    Até que consegui pedir uma uma boa alma me trazer um por apenas R$261.

    O absurdo é realmente escandaloso nesse país.
    Orks

    ResponderExcluir
  7. Emanuel,

    Veio com o carregador de paredes sim. Ele veio na caixa original, lacrada, com o cabo usb, carregador, manual e o próprio Kindle!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Essa é outra vantagem de comprar o Kindle pelo ebay, você pode optar pela compra do kit americano ou europeu (que vem com carregador de parede com padrão das novas tomadas do BR).

    ResponderExcluir
  9. A vantagem de comprar pela Amazon é a garantia... O meu quebrou na primeira semana. Entrei em contato com a Amazon, eles me mandaram um novo e me deram instruções de como mandar o quebrado de volta, sem qualquer ônus, através de um serviço que busca a encomenda a domicílio.

    ResponderExcluir
  10. Olá Beatriz. Obrigado pelo comentário.

    Porém, quem compra por outro meio além da Amazon, como por exemplo, pelo ebay, a gatantia ainda é mantida.

    Para tanto, é necessário verificar com o vendedor se ainda se encontra no prazo de 1 ano. :)

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo texto Emanuel.
    É de grande utilidade para as pessoas que aspiram a um Kindle.
    Eu mesmo venho pesquisando a melhor maneira de adquirir o meu. Infelizmente essas tarifas cobradas são exorbitantes e são o que me fazem cogitar a adquirir o aparelho por meios alternativos, que fogem desses taxas já incorporadas pela Amazon.
    É por isso que pergunto:
    Miguel, você comprou seu Kindle de qual vendedor do eBay?
    Ou então, algum leitor aqui que já teve uma experiência de compra do Kindle no eBay pode me relatar com quem e como foi a compra-tempo de entrega, taxação , etc- ?
    Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  12. Pedro,

    Agradecemos por sua presença no blog e pelo seu comentário.

    Eu tive experiência de compra pelo ebay. O meu K2 que não foi taxado, paguei envio por volta de US$30,00. E um DX que comprei e foi taxado como eu esperava, mas paguei menos que 60%. Bem na verdade foi cobrado o imposto, mas o valor de incidência foi abaixo do valor real do Kindle DX.

    Mas é um risco. Amazon é a garantia de ter teu produto em 1 semana.

    Depois coloco o nome dos vendedores de quem comprei. Abraço,

    ResponderExcluir
  13. Comprei pagando os impostos, agora inês é morta!
    Mas gostaria que uma alma boa me informasse se já está valendo trazer sem pagar impostos?

    Minha mulher vai a trabalho lá(Usa) agora, poderia pedir outro(um dx, já que comprei o pequeno que é horrivel para pdf) e dá o meu a minha filha.

    ResponderExcluir
  14. Pedro,

    Eu comprei do vendedor 'slickdealzone' http://myworld.ebay.co.uk/slickdealzone/?_trksid=p4340.l2559

    Ele possui 99.9% de reviews positivos, porém não posso garantir que a compra dê certo ok? Hehe!

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  15. Emanuel,

    Excelente texto, com certeza vai me ajudar a decidir onde vou comprar o meu kindle dx. Sou concurseiro e esse produto é excepcional para incrementar a preparação para os concursos, pois facilita muito a leitura de arquivos no formato pdf. Aproveitando, gostaria de saber por quanto saiu o seu (o que foi comprado no ebay com o slickdealzone) incluindo os tributos (no caso o valor final do produto). Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Pois é. Comprei um Kindle 3G pela Amazon (moro no Ceará). Paguei os impostos adiantados e tudo, conforme explicado pelo Emanuel acima. O gasto de Kindle com capa de couro + envio + adiantamento de impostos deu mais de $500,00. Mas tudo bem.
    Qual não foi minha surpresa quando o entregador da DHL Express disse que só podia me entregar a encomenda se eu pagasse o valor de mais de R$400,00 de impostos. Aparentemente, a DHL (ou o fiscal da aduana) entendeu que o valor do produto era o total debitado em meu cartão de crédito (os mais de $500,00), ignorando que nesse montante havia um reservado ao pagamento dos ditos impostos, que deveriam incidir somente sobre o Kindle + frete. Mandei um e-mail para a Amazon explicando a situação e obtive como resposta um e-mail estilo copia-cola com a assinatura de um indiano (certamente uma empresa terceirizada indiana para fazer o suporte ao cliente) que não explicava nada.
    Não ouvi falar de outros casos semelhantes. Normalmente, todos recebem aqui conforme o esperado. Em resumo: fiz questão de pagar os impostos devidos e agora estou sendo extorquido...

    Hélio Félix

    ResponderExcluir
  17. Hélio, o que deve ter acontecido é que a Amazon mudou o processo nas ultimas duas semanas : se você entrar no site da Amazon, vai ver que não estão mais incluindo o valor de taxas / impostos. Assim, a DHL deve ter feito confusão te pediu o pagamento das taxas / impostos entendendo que você já havia comprado na forma nova. O que achei estranho foi o e-mail. Normalmente a Amazon é muito atenciosa (pode ver os vários relatos positivos aqui mesmo no Blog). Eu, em seu lugar escreveria novamente à Amazon comentando tudo e, se não tivesse resultado, ligaria para lá no telefone de atendimento ao cliente. Sei de gente que já foi duplamente taxado há muitos meses atrás, por erro e teve a opção de um crédito no cartão de crédito ou de ter creditado na conta da Amazon para poder comprar e-books, livros / produtos.

    ResponderExcluir
  18. Edson,

    Obrigado pelas dicas. Não desisti da Amazon e tampouco de meu Kindle. Entendo que deve ter havido um problema de comunicação e de interação entre DHL e Amazon. Infelizmente, o problema do e-mail da Amazon foi real, mas, felizmente, na mesma resposta "torta" que recebi havia a opção de, caso o cliente tenha entendido ainda persistir a questão, mandar outro e-mail à empresa. Foi o que fiz. Dessa vez, a resposta foi mais pessoal e específica e parece que, nessa "segunda linha" de interação com o cliente, podemos nos comunicar com funcionários "reais" da empresa, habituados a todas as nuances do negócio. Assim, a resposta foi bem consciente e demonstrou total interesse em resolver o caso. Infelizmente, parece-me que algum funcionário da DHL no Brasil não conseguiu discriminar os valores (entre preço+frete & adiantamento de impostos) e apresentou à autoridade fazendária brasileira um valor final que incluía tudo. Uma pena. Descuido, deficiências básicas em compreensão do inglês, só Deus sabe o motivo primário. Daí surgiu o valor que beira, de fato, à extorsão.
    De todo modo, acredito que o problema será sanado. Aceitaria de bom grado um crédito na Amazon se precisasse pagar novamente o imposto, já que sou cliente há algum tempo e minha "wish list" já tem um bom tamanho. Contudo, teria que ter o aval da empresa para fazer isso sem receio algum.

    Em tempo: meu pedido foi feito no dia 13/08/2011 (sim, sei que há toda uma crença de azar em relação a esse dia e mês, mas não leva isso a sério) e não detectei a mudança de cobrança da qual você falou. Deve ser, de fato, um momento de transição, como explicado por você.

    Obrigado pela atenção e parabéns pelo Blog. Meu objetivo é tanto conseguir informações de quem sabe mais do que eu como também informar aos outros de minha experiência, para que possam tomar suas decisões. E repito: não desisti da Amazon e nem do Kindle.

    Um abraço

    Hélio Féiix

    ResponderExcluir
  19. Informo o desenrolar de minha saga (descrita acima) para que outros possam tomar como parâmetro.
    Recebi meu Kindle, depois de quase 15 dias de retenção pela transportadora. A própria Amazon (após cerca de 3 emails mandados por mim e espaçados por 4 dias cada em média) entrou em contato com a DHL e esta entregou o pacote sem a cobrança de mais taxas. A DHL também já tinha me contactado algumas vezes e ambos estávamos esperando uma decisão da Amazon, que tardou um pouco, sim, mas veio.

    O Kindle é muito bom e serve bem a meus propósitos. Garante várias horas de leitura sem o desgaste da luz emitida pela tela LCD. A conexão 3G gratuita (cobram-se somente downloads da Amazon) funciona perfeitamente e até o navegador, apesar de rústico, nos permite uma boa interação com a rede quando necessário. Entrar no site do "New York Times" ou da "The Economist", escolher uma reportagem e utilizar o modo "Article Mode" para ler seu conteúdo é um conforto e tanto. A leitura de livros variados e documentos de maneira prática e adequada, de fato, é o principal atrativo. Aprovadíssimo.

    Vale a pena comprar o produto. Quis logo adquirir um antes que a Amazon lance um tablet no estilo do Nook Color, que deve ser fantástico, mas com a limitação ergonômica da tela LCD e as infindáveis impressões digitais na tela sensível ao toque. Quando quiser um tablet para navegar com portabilidade, pensarei com carinho nessas opções, mas, para ler por horas, uma tela de e-ink é fundamental.

    Acredito que a Amazon já tenha agora uma interação melhor com a DHL brasileira (o desencontro se deu em São Paulo, por ocasião do desembaraço aduaneiro).

    Um abraço

    Hélio Félix

    ResponderExcluir
  20. A COMPRAFARI vende atualmente muitos itens muito abaixo do mercado, entre eles o kindle. Fiquei com uma enorme dúvida quando um colega postou que possivelmente podeira ser cobrados impostos. Logo seria extremamente enganoso a propaganda anunciada. Então decide pergunta ao atendimento e guardei este diálogo que tive com uma atendente do chat do COMPRAFARI, segue abaixo:
    "
    Raphael:
    Estão dizendo que o preço anunciado não corresponde aos imposto que a pessoa ainda teria que pagar nos corrreios. Esta informação procede?

    Olá Raphael! Você está sendo transferido para o Departamento de Atendimento ao Cliente. Por favor aguarde.
    Chamada aceita pela atendente juliamartins.
    juliamartins:
    Olá Raphael. Quem está dizendo?
    Raphael:
    vou passar o link dentro de um blog
    Raphael:
    kindle.blog.br/2011/10/kndle-direto-no-brasil-por-r-29900.html
    Raphael:
    no último tópico um senhor chamado Paulo Carvalho
    Raphael:
    então poderia explicar se o preço final do produto com a entrega é aquele anunciado na página ou ainda pode haver incidência de impostos?
    juliamartins:
    Dependendo da sua compra você não será taxado pela alfândega. Sua compra não poderá ser caracterizada como comércio. Compras caracterizadas como comércio são aquelas em que clientes compram vários produtos de mesma marca e modelo. Caso você compre apenas 1 produto de cada marca e modelo você não deverá ter problemas, pois sua encomenda deverá ser caracterizada como uso pessoal.
    juliamartins:
    Além disso, o Kindle é um livro eletrônico. Livros são isentos de impostos alfandegários.
    Raphael:
    primeiro o código de classificação dos tablets é tal que incide ICMS neles não havendo insenção como é o caso dos netbooks e laptops
    Raphael:
    ou seja no estado de São isto representa 18% do valor do produto
    juliamartins:
    Kindle não é um tablet.
    Raphael:
    mais 60% por importar
    juliamartins:
    Kindle serve para apenas uma função: leitura.
    Raphael:
    olha agora este papo que vc escreveu que é uso pessoal, acredito que diz respeito a quem viaja e declara suas compras que estão transportando como uso pessoal em viagens internacionais
    Raphael:
    pelo que entendo tudo que compro no ebay é caracterizado como comércio e paga imposto se passar de $30
    Raphael:
    para pessoas que estejam viajando fisicamente como pessoas físicas o limite para países como EUA é $500
    Raphael:
    depois qualquer valor paga imposto
    Raphael:
    eu sei que o kindle não é tablet, mas o kindle touch encaixa nesta classificação rídicula assim como o kindle fire por não posuir um teclado físico
    Raphael:
    Juliana vou postar sua reposta no BLOG e colocar que foi vc que colocou a opinião pra acalmar os animos
    juliamartins:
    g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1416018-6174,00.html
    juliamartins:
    Por favor leia este artigo.
    "

    ResponderExcluir
  21. parte 2
    "juliamartins:
    O Kindle Touch também se encaixa como E-Book Only, pois é apenas um leitor de livros.
    juliamartins:
    Já o Kindle Fire não, pois este sim é um tablet.
    juliamartins:
    Vendemos dezenas de Kindles todos os dias. Até o momento há problemas reportados com relação a entregas.
    juliamartins:
    *não há.
    Raphael:
    escuta a matéria q vc colocou eu conhecia
    Raphael:
    o problema é que aquilo vale apenas para ele
    Raphael:
    os demais mortais teriam q pagar os encargos advocatícios
    Raphael:
    o que não compensa
    Raphael:
    isto esta bem discutido a um tempo
    juliamartins:
    A receita não está atrapalhando a entrada de Kindles no momento. Não sei como está para outras empresas, mas não estamos encontrando dificuldade alguma com a entrada de Kindles no momento.
    Raphael:
    agradeço o atendimento
    Raphael:
    mas sinceramente não senti segurança nenhuma em suas afirmações, e fico desapontado pois são argumentos para leigos que não conhecem mesmo nada. A matéria colocada é uma excessão e não regra, fica sendo uma vergonha colocar isto como argumento. É este tipo de segurança que oferecem a seus clientes? O elemento surpresa de serem de repente taxados?
    juliamartins:
    De forma alguma. A Comprafari reembolsa o valor dos impostos de qualquer Kindle caso seja taxado. Como lhe informei, até o momento não tivemos de efetuar nenhum reembolso. Caso o sr. se sinta a vontade em comprar conosco será um prazer. Caso não, esperamos poder tê-lo como cliente em breve em outra oportunidade.
    juliamartins:
    Existe algo mais em que eu possa lhe ajudar?
    Raphael:
    Somente, muito obrigado pelo atendimento e esclarecimentos."

    ResponderExcluir