quinta-feira, 17 de março de 2011

Jobs x Bezos Round 4: Trégua por enquanto (?)

Aumentar Letra Diminuir Letra

Observe a seta indicando o botão link para Kindle Store
Apesar da alfinetada dada pelo CEO da Apple na Amazon durante o anúncio do Ipad 2, tudo indica que as duas empresas irão coexistir pacificamente no que concerne a App Store.

Em fevereiro nós comentamos sobre as novas regras da Apple para contrato de prestadoras de serviço para na App Store, e como isso poderia interferir no uso do aplicativo Kindle for iDevices (iPhone, iPad, iPod touch). A principal exigência da empresa da Maçã tratava-se de coibir venda de livros fora do seu sistema, ou melhor, adicionar 30% do que for vendido pelos outros nos seus cofres.

O temor aumentou, quando a Apple não autorizou o app da Sony para leitura de e-books (Reader™ for iPhone®).


Porém, um mês depois desse alvoroço, o Amazon´s Kindle app recebeu um update, e pasmem, nada foi alterado no sentido de coibir ao usuário adquirir seus livros direto da Kindle Store, inclusive o botão de link para a loja de e-books da Amazon continua brilhante no aplicativo.

O update trouxe as seguintes modificações:


  • Número de páginas real 
  • Visualização da porcentagem lida enquanto usa o iPhone
  • Na tela inicial é mostrada a porcentagem de leitura dos livros listados no iPhone e iPad
  • Pesquisa de palavras no Google e Wikipedia sem sair do aplicativo
De acordo com BulfoCalvin, do blog I love my Kindle, é pouco provável que esse update inspire em 30 de junho, prazo máximo dado pela Apple para os desenvolvedores se adequarem as novas regras.

Vamos aguardar cenas dos próximos capítulos.

Fontes: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário