terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Google ebookstore: como funciona?

Aumentar Letra Diminuir Letra

O novo serviço da Google apresenta a possibilidade de ler livros através da tecnologia nas nuvens. Nenhum byte é transferido para seu disco rígido, tudo é transmitido de um servidor direto para a "tela" do seu computador.

Para desfrutar do serviço basta acessar o site http://books.google.com/ (ou books.google.com.br, futuramente) e aproveitar os 3 milhões de exemplares vendidos...ops!!!


Os Google e-Livros mais recentes não estão disponíveis para venda em seu local ainda...


A grandiosidade do Google e-books está disponível apenas para os EUA , mas não tem sido tão grandioso assim (ver Falha Baleia).

Para nós estão disponíveis os clássico de Jane Austen, Mary Shelley, Hans Andersen, Charles Dickens, Ellis Bell e dois ensaios e um livro de poemas de Wiiliam Blake. Pelo menos fizeram uma boa seleção, com leitura para todos os gostos.

Após escolher qual "volume" você quer levar, basta clicar em comprar/obter agora e num piscar de tela o livro foi relacionado a sua conta google.

Leitura no Computador

Para ler um dos livros de sua biblioteca google, clica-se em Ler agora e rapidamente você é transferido para a tela com o ambiente de leitura.

Trata-se de uma interface muito similar a utilizada no iPad para leitura de ebooks:

1) Texto disposto em duas páginas passível de ser configurada para página única de acordo com o tamanho da fonte.


2) Barra de progresso de leitura (inferior da tela) mensurada em páginas, mostra exatamente onde se está e para onde se quer avançar ou retroceder no livro. De longe foi uma grande inovação, é surpreendente como é preciso a movimentação do cursor.

3) 5 Menus no canto esquerdo da tela:
Minha Biblioteca: retorna para tela de livros associados a sua conta

Índice: abre-se uma janela do lado esquerdo da tela com atalho para os capítulos, capa e informações do como o livro foi digitalizado pelo Google.

Configurações: nesse item temos a grande novidade, além e selecionar o tamanho da fonte,
podemos escolher agora a tipografia que queremos lê.

São 5: Arial, Georgia, Times New Roman, Trebuchet MS e Verdana.
Além disso podemos modificar o espaçamento entre linhas e a justificação do parágrafo.

Uma configuração possível curiosa é referente a possibilidade de ver a digitalização original do livro versus a flutuante, no entanto, apenas a configuração de tamanho da fonte é aplicável.

Pesquisar: pequisa por palavra ou termo abrindo uma janela a qual pode ser ordenada por relevância ou por página (crescente).

Informações do livro: informações gerais (autor, título), onde comprar (com link), livros realcionados.


A passagem das páginas acontece por meio das teclas PgUp/PgDn, setas direcionais Dir/Esq, clicando com cursor do mouse nas setinhas correspondentes. O mousetouch que tem função multi-touch também pode avanças e retroceder páginas.

Faltou apenas uma opção para mudar o fundo da página como há no aplicativo do Kindle para PC (sépia, preto ou branco), o que ajuda a cansar menos a vista.


Leitura no Kindle

Como comentado na postagem anterior, o Google e-book basea-se no formato ePub para compartilhar seus livros, dessa forma nós usuários do Kindle ficamos de fora... Nem tanto!

Para ter a publicação do livro saindo das "nuvens" e indo para seu Kindle basta proceder com o download do mesmo, bastando clicar no link Leia no seu aparelho e selecionar o formato ePub.

Após a conclusão do download basta submeter o ePub no Calibre e mandar converter para .mobi. Em seguida basta conectar o cabo de USB, ou usar o Wifi, para obter no seu Kindle o seu ebook proveniente do Google.

Moleza, moleza. Tudo bonitinho e sem cansar a vista!

Mas, provavelmente algumas editoras podem dificultar o processo ao inserir a codificação DRM, como no caso da Saraiva.

Leitura em outros dispositivos

Como não disponho de nenhum aparelho com plataforma Android 2.1 (ou superior) ou os sonhados Apple (Iphone, Ipad, Ipod Touch), fico impossibilitado de escrever minha visão.

Porém, para utilizar o Google e-book é necessário fazer o download de um aplicativo específico para plataforma e depois é só armazenar o livro para ser lido no portátil, conectado ou não a internet.

ATUALIZAÇÃO 16/12/10

Testei em um celular com Android 2.1 (Millestone), consegui o acesso via web como se fosse pelo pc, porém não consegui fazer mudanças de páginas no formato vertical (retrato).

E o pior, o aplicativo para Android estava indisponível para download. Procurei no Android Market e também não encontrei.

Pontos para o software Kindle e seus aplicativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário