terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Desaprendi a ler livros em papel

Aumentar Letra Diminuir Letra


Ontem participei de um amigo secreto e ganhei de presente o livro Minha Autobiografia Espiritual, de Dalai Lama.


A noite, como de costume, fui ler na cama até que o sono viesse ao meu encontro.

Ajeitei-me na cama, liguei a luminária, minha esposa deitou-se sobre meu peito, peguei o livro do Dalai Lama e... ops! Algo de estranho aconteceu.

O livro de 247 páginas, maior, porém mais leve que meu Kindle 2ª Geração ficou completamente sem jeito em minha mão.

Normalmente, sob as mesmas condições descritas acima, consigo uma posição confortável para leitura com o Kindle segurando-o com apenas uma das mãos. As páginas são facilmente viradas com o clicar de um botão, e antes de cair no sono, consigo uma leitura fluida.

Porém, ontem, com o livro de papel, o desconforto para passar a página era tão grande que a leitura não fluiu, não havia uma posição cômoda para segurar o livro em apenas uma das mãos. Com o tempo as articulações, cansadas por manter-se numa mesma posição por muito tempo, começaram a doer.

As passagem de página demoravam uma eternidade, e despendiam muita energia e esforço, para não acordar minha esposa que a certa altura já jazia no "reino de morfeu".

A complicação foi tamanha, que logo desisti de ler o volume, e fui dormir, sonhando com a versão eletrônica dessa obra para o meu querido Kindle.

5 comentários:

  1. O problema era do livro -- e não de ser em papel. ;-)

    ResponderExcluir
  2. O problema foi a falta de ergonomia do volume de papel. Tente ler um livro só com uma mão, se conseguir um método de virar a página, ensine-me. :)

    Abraço,

    ResponderExcluir
  3. Queria acrescentar outra vantagem do Kindle na cama. Imagine-se lendo um livro de papel deitado na cama sobre o seu lado esquerdo. Basta apoiar o livro na cama e ler. Isto se você estiver lendo a página da direita. Até aí, tudo bem. Mas quando você vira a página e tem que ler a página da esquerda é um deus nos acuda porque você tem que sustentar o livro todo apenas com a mão direita. Se você virar na cama e passar a ficar deitado sobre o seu lado direito, acontece a mesma coisa só que a dificuldade agora é ler a página da direita.Com o Kindle não tem nada disto. Você escolhe de que lado quer deitar e o Kindle faz o resto!!!

    ResponderExcluir
  4. Xiiii.... Lendo seu post descobri uma nova utilidade para o Kindle (não muito boa) : nos deixar sedentários e barrigudos... É que se para virar a página do livro de papel já ta sendo uma dificuldade.... :)

    ResponderExcluir
  5. Sedentários tudo bem, mas barrigudos acho que o culpado não é o Kindle... huahuahuahua

    ResponderExcluir