segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Primeiro leitor de livros com tinta eletrônica colorida é lançado na China

Aumentar Letra Diminuir Letra

Aparelho será vendido no mercado chinês por cerca de R$ 750.
Tecnologia e-ink oferece leitura mais confortável que as telas de LCD
.

A companhia chinesa Hanvon Technology vai lançar o primeiro leitor de e-books com tela de tinta eletrônica colorida. O produto deverá custar, no mercado chinês, cerca de US$ 450, o equivalente a R$ 750.

O anúncio oficial deve acontecer nesta terça-feira durante a FPD International, evento em Tóquio, no Japão, que reúne fabricantes de telas para televisores, computadores, celulares e eletrônicos em geral.

O produto vai usar uma versão avançada - e em cores - da mesma tecnologia presente em leitores de livros eletrônicos como o Kindle, da Amazon, e o Alfa, da brasileira Positivo.

Diferentemente de displays de cristal líquido (LCD), como o utilizado no iPad, a tela de e-ink não emite, e sim reflete a luz. Isso faz com que a leitura seja mais confortável, já que a imagem gerada pela tela se assemelha à impressa em um papel, como em um livro comum. Por necessitarem de energia elétrica apenas para trocar as páginas, e não para sustentar a exibição da imagem durante a leitura, aparelhos que utilizam essa tecnologia também têm duração maior da bateria.

Em outubro, a livraria americana Barnes and Noble anunciou o lançamento de um leitor digital colorido para o mercado americano. O produto, no entanto, usa tela de LCD iluminada por LEDs. A Amazon, líder no setor de e-readers, ainda não vende leitores com tela colorida.


Fonte: G1

7 comentários:

  1. O cerco está se fechando. A Amazon tem que reagir ou vai começar a ficar para trás.

    ResponderExcluir
  2. Algo que eu não entendo na estratégia da Amazon é por quê ela não liberou de vez o seu kit de desenvolvimento do Kindle para que os desenvolvedores possam começar a criar as suas aplicações kindlets.

    Há uma comunidade muita entusiasmada de programadores que estão loucos para "brincar" com o kindle, mas não têm o incentivo da Amazon.

    Só para dar um exemplo, para baixar o Kindle Development Kit você tem que ser aprovado pela equipe da Amazon e não parece ser algo fácil.

    A frustração da comunidade de programadores em relação a empresa pode levar a Amazon a perder um ótimo aliado para manter-se no topo com o e-reader com mais fncionalidades.

    ResponderExcluir
  3. Pelo que eu li no site da revista INFO, não se trata de e-INK colorido. Na verdade a empresa usa um filtro colorido mas mantém as características do e-INK.

    ResponderExcluir
  4. Amanhã teremos a certeza do que realmente e a tela! mas em outros sites a internacionais a informações que se divergem sobre de que e feita a tela!

    ResponderExcluir
  5. Saiu um video explicando como funciona a tecnologia Triton, usada nesse ereader.

    http://vimeo.com/16625704

    ResponderExcluir
  6. olha só pessoal, eles dizem que vâo lançar o e-reader com tinta eletrônica colorida no primeiro quarto de 2011, incialmente focando setores educacionais:

    http://goodereader.com/blog/electronic-readers/hanwang-color-e-book-reader-to-launch-in-q1-2011/

    ResponderExcluir
  7. Um detalhe: a fabricante do leitor com tela colorida também já fabrica um modelo que aceita escrita diretamente na tela. A Amazon já ficou para trás faz tempo, mas ainda é a mais citada, vai saber porque...

    ResponderExcluir