sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Compartilhando notas e destaques (highligths)

Aumentar Letra Diminuir Letra

Ler no Kindle é sempre uma experiência transformadora, quer pela facilidade em se transportar inúmeras obras de diversas naturezas em apenas 200 gramas quer pela praticidade de lê-las onde quer que esteja.

Existe, ainda, um recurso muito antenado com os dias de hoje, onde a comunicação e a informação são velozes como uma conexão banda larga de 1 Giga, o compartilhamento de notas e marcações (Share).

Com esse recurso, o Kindle permite que você compartilhe com outras pessoas o conteúdo que você está lendo, somando-se, a ele, seus comentários.

Para tanto é necessário ter conta nas redes sociais Facebook e/ou Twitter, e que as mesmas estejam configuradas com seu Kindle 3G.


O procedimento é bem simples, quando você se depará com alguma notícia ou passagem de um texto que ache interessante, mova o cursor do Kindle na direção do texto até atingir a linha que você quer destacar, clique no botão central para iniciar o processo de marcação e em seguida avance até todo texto estiver marcado.

A partir desse momento você pode apenas destacar a passagem clicando no botão central do Kindle, ou escrever um comentário (nota) iniciando a digitação no teclado, ou paralelo a esses procedimentos, compartilhar ou twittar clicando Alt+Enter (setinha).






















Leva um tempo para o Kindle conectar as redes sociais e realizar a postagem que ficam assim:
















Nos links que aparecem nas postagem levam para a página da Amazon dedicada aos destaques (highligths) e notas compartilhadas por todos usuários Kindle.







Vale a pena dá uma boa passeada pela página e ver o que as pessoas do mundo tem lido no Kindle e o que elas tem pensado por meio de seus destaques e comentários.

Curioso que o livro com mais destaques seja o Símbolo Perdido (Dan Brown) seguido pela Bíblia Sagrada.

E como diz a página da Amazon: Ler. Rever. Relembrar.



4 comentários:

  1. Post muito bom. Ótima dica!

    ResponderExcluir
  2. Cara, me responde uma coisa. Como fica a questão dos direitos autorais dos livros que tem seus highlights compartilhados? Existe uma porcentagem do livro que se pode compartilhar? Ou os livros tem de ser de domínio publico para que se usufrua dessa funcionalidade? Aguardo sua resposta. Muito Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Olá Victor. Neste caso vale o mesmo que para as cópias xerox. Não é proibido tirar cópia de uma ou algumas páginas de um livro e, se for utilizá-las em algo, tem que citar a fornte. Não sei precisar a porcentagem ao certo (se é 20 ou 30%), mas sei que é razoável e, quando ao invés de páginas falamos em parágrafos ou citações, com certeza não infringirá está regra.

    ResponderExcluir