segunda-feira, 25 de outubro de 2010

E os Chineses atacam o mercado de e-readers

Aumentar Letra Diminuir Letra


A empresa chinesa Hanvon (tambem conhecida como Hanwang) começou a vender esse ano no mercado europeu modelos de e-readers denominados WISEreaders.


Há modelos para todos os gostos, sendo comum a les telas de e-ink que variam de 5" (4 modelos), 6" (4 modelos) ou 8" (modelo único), com teclado físico e/ou tela touch com uso de stylus (canetinha).

A série que impressionou foi a N800 (de 8") e a N618 (de 6").

N800 (foto ao lado)

Tela com resolução de 1024x768, com 12 níveis de cinza, e tela touch com reconhecimento de escrita, impressiona por apresentar Wifi e compatibilidade com os formatos TXT, HTXT, HTML, PDF, EPUB, DOC, EXCEL, PPT e MOBI/FB2 (esses últimos ainda não disponíveis).
Além disso, toca MP3, WMA e WAV, bem como visualiza JPG, GIF, BMP, TIF, PNG.

N618

Video abaixo (em inglês) mostra o modelo numa feira em Hanov.
Notar:
*Selecionar e cortar trechos de texto
*SIM card e Wifi
*Loja de compras de ebook
*Rapidez na mudança de páginas
*Precisão no reconhecimento de escrita
*Dicionários de mais de uma língua.
*Preço sugerido de 299 euros (Glup!!! Carinho!)


Parece uma boa linha de e-readers, principalmente com um processador de 800Hz associado a 128MB de RAM. Contanto ainda com tudo que nós queremos em um aparelho desses.
Pena que o preço é elevado para um produto made in China.

Caso popularize-se, voltaremos com mais detalhes.

FONTES:

Um comentário:

  1. Se o kindle começar a competir com esse e-reader vai acabar virando um Ipad...kkkk...só o q estraga é o precinho nada camarada!!

    ResponderExcluir