terça-feira, 26 de outubro de 2010

E Eis Que Surge o Nook Color...

Aumentar Letra Diminuir Letra

Os boatos estavam certos. A Barnes & Noble lançaram hoje o Nook Color: um leitor digital colorido. "Mas e ai?" perguntamos todos "algo de REALMENTE novo?" Não.


A tela não é de e-ink colorida (até porque, apesar dos boatos dos ultimos dias, a tecnologia de eink colorida - a Mirasol - só vai pro mercado no ano que vem, e sabe-se lá a que preço.) É de LCD, fabricada pela LG.

É claro que a B&N está vendendo que o Nook Color tem recursos anti brilho revolucionários, e que, apesar de ser LCD (e não LED, como alguns sites estão incorretamente divulgando) pode ser lido ao sol. Du-vi-do...


Bonitinho ele é. E com certeza tem boa leitura pra um LCD (tem definição de 1024 por sei lá quanto, bem maior que os já existentes leitores coloridos). E, se algumas coisas já estão claras (a bateria dura "só" 8 horas de leitura, com o WiFi desligado), outras não. Por exemplo: ele superaquece, tornando a leitura quase impossível após algumas horas?

A verdade é que ele é um tablet uni-purpose (diferente do iPad, que é multi-purpose). Mas o fato de usar monitor "comum", pra mim, o tira da categoria dos e-readers. Ele não simula papel. Ele tem tela de computador, de celular. Tela que cansa a vista. Ponto.

Tá; mas do que eu gostei? Do modelo de gestão de conteúdo da B&N. Eles REALMENTE se dedicaram pra criar novas formas de apresentação e interação de/com o conteúdo vendido. É claro que ainda são "só" textos, imagens, e em alguns casos videos e audios. Mas, mesmo assim, é algo que cria uma nova base para futuros e-readers. O conceito da NookNewsstand (ou "Banca de Jornal do Nook") é muito boa, e supera em muito a forma careta como a Amazon vende seus jornais e revistas, por exemplo.

Mas, vamos às especificações (retiradas do blog "I Love My Kindle"):


Caracteristicas:
  • Mionitor 7″ VividView LCD touchscreen (maior em 1'' que os 6″ do Kindle, e 2.7″ menor que o Kindle DX ou iPad…touchscreen/color/retroiluminado como o iPad). Isto vai atrair muitos leitores não muito assiduos, já que os mais assiduos continuarão preferindo a e-Ink dos Kindle, Sonys, e antigos Nooks
  • Wi-Fi connection (sem 3G)
  • FaceBook e Twitter
  • 6 tamanhos de texto
  • Você pode mudar a cor de fundo
  • 8GB de memória, expansíveis via microSD até 32GB
  • Bateria com duração de 8 horas contínuas de leitura, com WiFi desligado (similar aos demais tablets do mercado)
  • Navegação via navegador Android
  • Screensavers customizáveis
  • Xadrez, Sudoku e outros jogos
  • Lendme (possibilidade de emprestar livros para amigos)
  • Newsstand (ainda não está no ar)
Formatos suportados:
  • EPUB (Adobe DRM ou não)
  • PDF
  • XLS, DOC, PPT, PPS, TXT, DOCM, XLSM, PPTM, PPSX, PPSM, DOCX, XLX, PPTX
  • Gráficos: JPG, GIF, PNG, BMP
  • Audio: MP3, AAC
  • Video: MP4
Alguns videos:







Para mais informações, http://www.nook.com

7 comentários:

  1. Muito legal mesmo este novo Nook. Creio que a Amazon vai ter que ficar atenta para assim que sair uma versão de e-ink colorido não perder tempo, pois algumas das características destes concorrentes chamam a atenção. O Kindle, que antes era único, agora só continua à frente em alguns pontos (tela sem luz - e-ink; peso; duração de bateria e, talvez, preço) no restante, já foi atropelada.
    Agora falando do NookColor, alguém reparou no primeiro video que a parte de vídeos (em uma revista e no livro de crianças onde se pode interagir com a imagem) ainda não está disponível ? Aparece um "Coming Soon" ao lado. Ou ainda não definiram o padrão (se vai de flash ou HTML5, por exemplo) ou não quiseram perder tempo e ainda não saiu isso da prancheta....
    Outro ponto que notei, em uma revista, foi que em um momento para dar zoom aparece dois dedos sobre a imagem : será que é só uma simulação para criar confusão ou eles também estão usando a tecnologia multi-touch da Apple (que eu achava que era patenteada) ??
    Realmente é um meio termo entre um Kindle e um iPad, com qualidades e defeitos dos dois... Mas, para ler revistas e livros cheios de figuras parece bem legal. Só que se custar mais que USD 350, vou de iPad mesmo...
    Último ponto que lembrei : para que serve aquela quebra no canto inferior esquerdo ??? Será que alguém pensa em usar este NookColor como chaveiro ? Coisinha meio estranho em termos de design....

    ResponderExcluir
  2. Esqueci de mais uma coisa... Viram o reflexo das luzes no início do segundo vídeo..... Parece não ser assim tão bom para ler no sol ou sob a luz....

    ResponderExcluir
  3. "Sempre quis lançar um iPad... mas tenho medo de concorrer com a Apple e com Steve Jobs... solução : lanço o tablet sem Apps, só com navegação na internet e leitura de livros e concorro com a Amazon e o Jeff Bezos" - pensamento "psicografado" do dono da Barnes&Noble....

    ResponderExcluir
  4. Acho que a Barnes & Nobles acabou acreditando nas comparações malucas do Kindle com o Ipad, e daquela história de que o Kindle estava morto, etc. Em resumo: Se desesperaram... ou estão tentando abrir o seu leque de opções de consumidores, e criar um produto diversificado. Eles tem apenas que tomar cuidado para não perderem o foco do que exatamente eles querem fazer com o Nook. O problema de tentar agradar todo mundo é que, muitas vezes, você acaba não agradando ninguém.

    Mas, boa sorte pra eles. Concorrência é sempre bom. É legal deixar a Amazon “esperta”, pra ela não ficar achando que pode tudo.

    ResponderExcluir
  5. André parabéns pela publicação. A Kindle BR está dando furo atrás de furo :D.

    Acho que definição do André foi perfeita:"... ele é um tablet uni-purpose."

    Perfeito para ver revistas com muitas fotos, como no caso da National Geo. Mas para ler, desculpe-me mas meu astigmatismo não me permite queimar retina com a luz.

    Eu também notei no video 2 o quanto instável é a reprodução de imagem, não deve ser nem 30fps, baixíssima frequência de redenrização.

    Que venha o Mirasol.

    ResponderExcluir
  6. quer dizer, ERA unipurpose.

    O Nook color acaba de ser hackeado. Já tem até uma ROM Froyo sendo desenvolvida pra ele. Ou seja, acesso FULL ao market, multitarefa, web, jogos, etc.

    Enquanto o E-INK não chega o nook, por $250, é uma ótima pedida pra ler revistas e comics, coisa que o kindle não faz e o iPad faz de forma mais cara e com uma porcaria de maçã atrás.

    ResponderExcluir
  7. Leonardo,

    Obrigado pela atualização do assunto. Mas, o kindle lê quadrinhos sim. Tudo bem que não é colorido, ainda.

    ResponderExcluir