sábado, 23 de outubro de 2010

3 coisas que me encantam no Kindle

Aumentar Letra Diminuir Letra


Sou professor convidado da FGV há mais de 15 anos e, desde primeiro de fevereiro de 2010, eu tenho um Kindle, segunda geração.


Logo depois da chegada do Kindle, eu, que viajo por todo o Brasil, comecei a ter a grata satisfação de poder ler o jornal O Globo todos os dias, bastando para isso estender o braço para a mesa de cabeceira, onde ele chega no meu Kindle todos os dias perto das 7:00 horas da manhã.
Imagine minha alegria de estar em Manaus, por exemplo, e poder ler a última edição de O Globo que acabou de chegar nas bancas no Rio de Janeiro!

Uma das minhas paixões - doentia, alguns dirão - é a leitura de manuais. Em particular venho lendo o Manual do sistema operacional da Apple, o OSX. O volume que tenho em casa, estava sendo lido somente quando não estava viajando, pois como levar em viagem um livro que pesa mais de 2Kg e que tem mais de 1.500 páginas?

Pois bem, depois que baixei o Manual para dentro do Kindle, a leitura passou a ser viável. No meu Kindle carrego nas viagens: romances, manuais, apostilas minhas da FGV e três livros que estou escrevendo e que serão editados em breve. Além disso, guardo ali diversos artigos em PDF que baixo da Internet com assuntos que me interessam.

Três coisas no Kindle me encantam:

1- Poder ler com bastante luz. A varanda do meu apartamento em São Paulo - sou um carioca desertor da cidade maravilhosa - é maravilhosamente bem iluminada e decorada, sendo um ambiente perfeito para leitura. Há algum tempo, um outro professor me emprestou o seu iPad com o qual fiquei durante 10 dias. Uma máquina extraordinária, mas que não resiste a uma leitura na minha varanda. O reflexo é absurdo a ponto de eu só ver o meu rosto refletido e não conseguir ler nada. O iPad só permite leitura em ambientes pouco iluminados. Já o Kindle representa uma leitura agradável. Sem falar do quanto gosto de levar o meu Kindle para ler no Parque Ibirapuera, sentado à sombra de bem iluminadas árvores centenárias;

2- Poder carregar todos os textos com os quais preciso trabalhar, em um equipamento que tem uma bateria que dura, tranqüilamente, duas semanas e pesa muito pouco, além de caber em uma das minhas menores mochilas;

3- Ler o jornal, sem as figuras e fotos! Isso pode parecer um absurdo, dito desta forma. Da primeira vez que li O Globo no Kindle, a revista Newsweek e a revista Time, senti muita falta das fotos e figuras. Com o tempo acabei descobrindo que no jornal com fotos e figuras eu acabo sendo seqüestrado pelas imagens e dou pouca atenção ao texto. As letras miúdas do jornal às vezes escondem textos extraordinários, pelos quais eu passava sem prestar atenção. Agora, consigo ler efetivamente quase todo o jornal e estou descobrindo que as fotos e figuras acabam me prestando um desserviço, quando me escondem de textos pequenos, mas de importância fundamental.

Esse texto é apenas um texto introdutório neste blog em que estou escrevendo a convite do meu parceiro de aventuras com o Kindle, Edson Tandello Cruz, a quem quero, desde já, deixar meu agradecimento por tão simpático e generoso convite.

Espero poder ajudar você, leitor, a compreender a importância que o Kindle pode vir a ter na sua vida. Kindle é o melhor ebook reader do mercado, na minha opinião. E não pense que eu digo isso por ter um Kindle. É exatamente o contrário, eu tenho um Kindle porque descobri isso. Mas, só compre um Kindle se você tem realmente gosto pela leitura! Kindle é um gadget feito para quem ama ler. Caso contrário, compre um iPad.


5 comentários:

  1. Valeu Cristóvão, fico muito feliz de ter aceitado o convite para juntar-se a nós neste Blog. Quando te conheci na gravação do programa da TV Brasil deu para sentir que é um cara antenado com o mundo e com uma bagagem de conhecimento gigantesca que tem que ser partilhada com os demais, além de uma simpatia sem igual. Seja bem vindo ao grupo. Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Cada dia que passo aqui mais vai crescendo meu carinho e admiração por essa ferramenta valiosa.O kindle atualmente é imbativel...o Ipad é como uma guitarra cheia de pedais que fazem mt barulho por nada, já o kindle é o violão do paco de lucia ou até o bandolim do jacob do bandolim que pela simplicidade e harmonia encanta nossos corações de leitores ávidos.

    ResponderExcluir
  3. Caro Cristovão ! A experiência do PDF no Kindle foi boa para você ?

    ResponderExcluir
  4. Seja bem vindo a equipe Prof Cristóvão,não esquece de incluir seu email na lista. A propósito, excelente publicação.

    ResponderExcluir
  5. Estou em dúvida sobre o kindle dx e o kindle 3...fora a questão do preço, o meu uso é basicamente para a leitura de livros e de muitas apostilas em formato pdf. O kindle 3 (tela de 6") garante uma boa leitura de apostilas em pdf??? Basicamente elas possuem textos e algumas fórmulas matemáticas...
    Abs.

    ResponderExcluir